PLACAR

Mauresmo endurece regras sobre consumo de álcool

Amélie Mauresmo (Foto: Corinne Dubreuil / FFT)

Paris (França) – Depois que a chuva interrompeu o jogo nas quadras externas de Roland Garros no início da tarde de quinta-feira, os torcedores ficaram ainda mais decepcionados quando os organizadores proibiram o consumo de álcool nas arquibancadas, por causa do mau comportamento.

O belga David Goffin acusou torcedores de “total desrespeito” quando enfrentou um favorito local na primeira rodada e disse que cuspiram um chiclete nele. A número 1 do mundo Iga Swiatek, após vencer Naomi Osaka em duelo intenso, pediu aos espectadores que não gritassem durante as trocas de bola. Estes foram apenas dois dos muitos jogadores que estão reclamando nos vestiários dos torcedores em Roland Garros neste ano.

Diretora do torneio, Amélie Mauresmo, ex-número 1 do mundo, disse que era hora de acabar com os problemas com medidas drásticas. “Em primeiro lugar, estamos felizes que as pessoas estejam entusiasmadas em assistir tênis e participar das partidas, demonstrando sentimentos e emoções”, disse aos repórteres.

“Mas há definitivamente passos que não deveriam ir mais longe. O álcool era permitido até agora nas arquibancadas, mas acabou… Se ultrapassarem o limite, se não se comportarem bem ou se atirarem coisas nos jogadores, será assim.”

Mauresmo disse que foi pedido aos árbitros que fossem mais rigorosos e interviessem para garantir que os jogadores fossem respeitados, enquanto a segurança intervirá se os torcedores se comportarem mal. “Vamos ver como vai ser com os árbitros um pouco mais rígidos. Vamos ver como vai ser com a segurança também um pouco mais rígida”, acrescentou ela. “Não quero ser negativa e sou otimista. Estou realmente tentando ver se as pessoas vão reagir de uma boa maneira.”

Goffin disse que recebeu muito apoio dos colegas por se manifestar. “Fiquei surpreso, todos disseram ‘O que você disse foi ótimo’. Isso mudou, especialmente nos últimos anos. Não sei se foi depois da Covid ou não”, disse o belga. “Aqui é um apoio diferente. Mais empolgação, um pouco agressivo. As pessoas vêm para se divertir. Espero que tenha sido bom o que Amélie fez porque se eles continuarem assim, nunca se sabe… se eles virão com fogos de artifício.”

“Faz parte do que fazemos. Faz parte dos esportes. Somos diferentes do futebol ou do basquete, mas, ao mesmo tempo, você quer um bom ambiente como jogador”, disse o líder do ranking masculino, o sérvio Novak Djokovic.

“Do meu ponto de vista, quero muito ver os fãs torcendo e ver aquela atmosfera. É uma linha tênue quando essa linha é ultrapassada e quando começa a se tornar desrespeitosa com o jogador”, comentou Djokovic. “Nesses casos, entendo que um jogador como Goffin tenha reagido porque já vivi algumas vezes essas situações.”

O russo Daniil Medvedev, que já teve várias discussões com torcedores em outros torneios, disse que os jogadores acabariam se acostumando com o barulho se isso fosse normal nos jogos de tênis. “Agora o que acontece é que 95% das partidas, torneios, são tranquilos. E então, quando de repente você chega a Roland Garros e não é, isso te perturba. É um Grand Slam, então, você fica mais estressado e não é fácil”, disse Medvedev. “Se você me perguntar, gosto de silêncio. Não há meio-termo. Deveria ser baixo ou super alto, mas o tempo todo, e então nos acostumaríamos, eu também me acostumaria, e não reclamaríamos disso.”

4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Federer eterno GOAT
Federer eterno GOAT
21 dias atrás

por isso Wimbledon é o torneio que define quem realmente são os maiores… Roland Garros e Australian Open uma várzea…

Flávio
Flávio
21 dias atrás
Responder para  Federer eterno GOAT

Ok concordo que o Wimbedon, grama sagrada, é o maior de todos e já falei isso aqui e lembrei do fantástico GUGA que disse que lamenta não ter ganho Wimbledon porque ele sabe que a grama sagrada é o maior de todos os SLAM, mas não podemos menosprezar AO e nem RG porque são slam também, né.

persivaldo
persivaldo
21 dias atrás

o que mais tem hoje em dia são hipócritas querendo ditar regras aos outros.

DENNIS SILVA
DENNIS SILVA
21 dias atrás

Medida correta para esses baderneiros.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE