PLACAR

Matos busca virada e elimina favoritos na estreia

Foto: Mike Lawrence

Nova York (EUA) – O gaúcho Rafael Matos conquistou uma grande vitória nesta quarta-feira no US Open. Ao lado do português Francisco Cabral, ele teve uma estreia duríssima contra os belgas Sander Gille e Joran Vliegen, cabeças de chave 11 e finalistas de Roland Garros, que saíram na frente, mas acabaram levando a virada e foram superados com o placar final de 3/6, 7/6 (7-4) e 6/4, após 2h30 de batalha.

Depois de eliminarem uma das principais duplas da chave, Matos e Cabral terão pela frente a parceria do australiano Thanasi Kokkinakis com o holandês Tallon Griekspoor, que levaram a melhor sobre os convidados da casa Adhithya Ganesan e Alexander Frusina em sets diretos, marcando duplo 6/4 em 1h13 de partida.

No primeiro set, os belgas começaram com tudo no saque e confirmaram seus dois primeiros games de zero. Eles conseguiram pressionar Matos e Cabral no sexto, quando obtiveram a primeira quebra do jogo. Na sequência, Gille e Vliegen salvaram um break-point para manter a vantagem, que acabaram sustentando até o fim para marcar 6/3 e sair na frente no placar.

A parceria luso-brasileira mostrou resiliência na segunda parcial, na qual não tiveram uma chance sequer de quebra e salvaram um break-point no quinto game, dois no sétimo e mais dois no 11º. A definição foi para o tiebreak, no qual Matos e Cabral tiveram uma grande arrancada final, saindo de 1-3 para fazer 7-4 e assim empatar o confronto.

Matos e Cabral cresceram depois de vencer o segundo set e foram muito bem no terceiro, não cedendo uma chance sequer de quebra. Além da evolução com o saque, eles também souberam aproveitar o único momento de baixa dos rivais belgas, obtendo uma quebra decisiva no quinto game. Depois disso, o gaúcho e o português administraram a vantagem até o fim e comemoraram a vitória de virada.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE