PLACAR

Mateo Reyes faz semi de duplas em challenger na Colômbia

Mateo Reyes (Foto: João Pires/Fotojump)

Ibague (Colômbia) – No encontro entre dois jogadores brasileiros, Mateo Reyes levou a melhor sobre Luis Britto e chegou à semifinal do challenger de Ibague, em quadras de saibro na Colômbia. Reyes e o japonês Kosuke Ogura venceram Britto e o argentino Gonzalo Villanueva, principais cabeças de chave, por duplo 6/4.

Canhoto de 23 anos, Reyes chegou às oitavas de final de simples, depois de ter passado pelo quali e vencido mais um jogo na chave principal. Atualmente no 663º lugar, o catarinense vai saltar quase 50 posições e pode chegar à 614ª colocação. Já no ranking de duplas, ocupa o 947º lugar.

Os adversários na semifinal serão os irmãos argentinos Leonardo e Valerio Aboian, que venceram o espanhol Diego Augusto Barreto Sanchez e o norte-americano Alexander Stater por 7/5, 4/6 e 10-7. Já o paulista Luis Britto, eliminado nas quartas, está com 31 anos e ocupa o 251º lugar, marca que é a melhor de sua carreira. Ele consquistou seu primeiro challenger em Tucuman, na Argentina, em abril.

Luz e Zormann param nas quartas em Milão

O gaúcho Orlando Luz e o paulista Marcelo Zormann foram eliminados nas quartas de final de duplas do challenger de Milão, em quadras de saibro na Itália. Os brasileiros foram superados nesta quinta-feira o alemão Andre Begemann e o francês Jonathan Eysseric, cabeças 3 do torneio, 7/6 (7-5) e 6/3 em 1h22 de partida.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Aos 28 anos, Zormann é o 96º do ranking e está apenas quatro posições abaixo do melhor ranking da carreira. Já Orlando Luz, de 26 anos, é o 110º colocado e tem como recorde pessoal a 90ª posição. Na semana passada, eles foram campeões do challenger de Poznan, na Polônia.

Natan Rodrigues para nas oitavas na Tunísia

O baiano Natan Rodrigues foi eliminado nas oitavas do ITF M15 de Monastir, em quadras duras na Tunísia. Vindo do quali, ele foi superado pelo croata de 19 anos Mili Poljicak, cabeça 2 do torneio e 637º do ranking, por 6/4 e 6/2 nesta quinta-feira. Natan está voltando ao circuito profissional depois de ter passado pelo tênis universitário nos Estados Unidos e disputa os primeiros torneios desde 2021.

3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Gusmão
Gusmão
17 dias atrás

Continua exaltando o tênis universitário Americano olha no que dá, nigeriano que veio de lá prevaleceu.
Shelton perdeu para na grama para um acima dos 200° no Ranking.

Falta é torneios ITF, Challenger regularmente, para que apareça novos Jogadores Brasileiros.
São mais de 80 jogadores Brasileiros Juvenis esperando oportunidades.

A CBT que tem que trabalhar.

Lucas Miranda Faria
Lucas Miranda Faria
17 dias atrás
Responder para  Gusmão

Mateo não é: catarinense!! Ele é: nascido, na capital equatoriana _ Quito!!!!!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE