PLACAR

“Lidamos bem com momentos de pressão”, destaca Stefani

Foto: KNLTB, The Royal Dutch Lawn Tennis Association

Melbourne (Austrália) – Depois de vencer um jogo duríssimo pela segunda rodada de duplas do Australian Open, Luísa Stefani destacou o aspecto mental na disputa ao lado da holandesa Demi Schuurs. Elas ficaram em quadra por 2h47 nesta sexta-feira contra as norte-americanas Caroline Dolehide e Peyton Stearns e tiveram que lidar com alguns momentos de oscilação para conseguir uma vitória nos detalhes.

“Foi uma ótima vitória na dupla, sofridíssima. O jogo foi intenso do começo ao fim”, disse Stefani após a vitória por 7/6 (8-6), 4/6 e 7/5. “Foi muito boa a maneira como lidamos com a pressão e com os momentos que poderiam ter ido para o outro lado. Conseguimos segurar bem a onda e ganhar o primeiro set, que foi importante”.

“Tivemos muitas oportunidades no primeiro e também no segundo set. Até no terceiro, onde abrimos 4/1, mas as meninas sacaram muito bem e estavam pegando muito firme na bola. Crédito delas de endurecerem o jogo. Ali no final foi no detalhe”, avaliou a atual 20ª colocada no ranking entre as especialistas em duplas. A parceria com Schuurs, 18ª do mundo, foi recém formada para o início deste ano. “Primeiro torneio do ano e com parceira nova, sempre tem um pouco de adaptação. Comecei um pouco nervosa, mas fui melhorando”.

Stefani e Schuurs são as cabeças 9 do Australian Open e vinham de vitória em sets diretos na estreia sobre a romena Sorana Cirstea e a croata Donna Vekic. Elas enfrentam nas oitavas a norte-americana Desirae Krawczyk, 16ª do ranking, e a japonesa Ena Shibahara, 14ª colocada. As rivais são as cabeças 6 do evento e também formam uma nova dupla. Krawczyk já foi parceria de Schuurs até o WTA Finals do ano passado.

Queda na estreia das mistas com Matos
Se nas duplas femininas, os resultados são positivos para Luísa Stefani, a situação não se repetiu na estreia de duplas mistas. A dupla brasileira formada por ela e Rafael Matos, que conquistou o título no ano passado, caiu ainda na primeira rodada em 2024. Eles foram superados pela dupla britânica formada por Joe Salisbury e Heather Watson, 6/3 e 6/4. “Na mista não deu com o Rafa. Mudaram os rivais de última hora, o Joe é ótimo duplista, a Heather é experiente e jogou super bem. O jogo foi decidido muito nos pontos importantes e eles ganharam a maioria. Foi uma quebra em cada set, super no detalhe. Uma pena”.

Leia mais:

Stefani vence outra com Schuurs e já está nas oitavas

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Rbclima
Rbclima
6 meses atrás

Confesso que fiquei confuso com a foto. Achava que a dupla mista era com o rafa, demorou pra cair a ficha. Não conhecia essa outra jogadora.

Antônio Luiz Júnior
Antônio Luiz Júnior
6 meses atrás

Não acredito numa grande progressão de Stefani no torneio. O fato de estar jogando sempre com parceiras diferentes, na minha opinião não ajuda muito. Mas, quem sou eu para julgá-la, só acho que não lhe favorece nem um pouco, posso estar errado…

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE