PLACAR

Lesão abdominal faz Murray abandonar Toronto

Foto: Mike Lawrence/ATP

Toronto (Canadá) – O tão esperado duelo de gerações entre Andy Murray e Jannik Sinner pelas oitavas de final do Masters 1000 de Toronto não irá acontecer. Murray se retirou do torneio nesta quinta-feira, citando uma lesão muscular na região abdominal.

O britânico de 36 anos e atual 40º do ranking vinha de um jogo muito longo na segunda rodada contra o australiano Max Purcell, quando ele ficou em quadra por 2h47. Na estreia, contra o italiano Lorenzo Sonego, o ex-número 1 atuou por 2h02 em dia de muito vento, apesar de ter aplicado um ‘pneu’ no segundo set.

“Tive uma lesão abdominal e infelizmente não posso competir hoje”, disse Murray em entrevista em quadra. “Eu me sinto terrível. É uma situação rara na minha carreira. Lamento e sinto por não poder entrar em quadra e mais ainda porque pode ter sido minha última vez no Canadá. Sempre amei jogar aqui. O apoio do público é incrível”.

Murray espera estar 100% recuperado para o US Open, que começa em pouco mais de duas semanas. “Já tive uma lesão parecida na temporada de grama do ano passado, em Stuttgart. Na época, eu não consegui jogar o ATP de Queen’s na semana seguinte, mas consegui jogar em Wimbledon. Acredito que entre 10 e 12 dias eu estarei melhor”.

Sinner enfrentará Monfils nas quartas
Classificado diretamente para as quartas, Jannik Sinner enfrentará outro veterano do circuito. O jovem italiano de 21 anos e número 8 do mundo desafia o francês Gael Monfils, de 36 anos e ex-top 10. Monfils superou o australiano Aleksandar Vukic por duplo 6/4.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE