PLACAR

Laura Pigossi conquista na Bahia seu maior título

Pigossi receberá 80 pontos no ranking com a conquista em Feira de Santana (Foto: Luiz Cândido/CBT)

Feira de Santana (BA) – Com muito apoio da torcida na manhã deste sábado, Laura Pigossi conquistou o maior título de sua carreira de simples. A atual número 2 do Brasil foi campeã do Engie Open, torneio ITF W60 realizado em quadras duras na cidade de Feira de Santana, na Bahia. Principal cabeça de chave do torneio, Pigossi superou na final a bielorrussa Jana Kolodynska, de apenas 19 anos e 325ª do ranking, por 6/1 e 6/4 em apenas 1h18 de partida.

Paulista de 29 anos, recém-completados na última quarta-feira, Pigossi tem agora oito títulos no circuito profissional da ITF. Os outros sete foram em torneios com premiações entre US$ 10 mil e US$ 25 mil. Seu título mais recente havia sido em outubro de 2021 no Equador. A brasileira que treina em Barcelona tem agora quatro conquistas no saibro e mais quatro no piso duro.

Em abril do ano passado, Pigossi disputou a final do WTA 250 de Bogotá, mas foi superada pela experiente alemã Tatjana Maria na decisão. Nas duplas, a brasileira já havia vencido um torneio de US$ 60 mil no saibro de Roma em 2018, e foi medalhista de bronze ao lado de Luísa Stefani nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

A conquista na Bahia rende 80 pontos no ranking para Laura Pigossi, que iniciou a semana no 168º lugar. A ex-número 100 do mundo se reaproxima do grupo das 140 melhores. A vice-campeã recebe 48 pontos e salta para o 277º lugar, marca que é a melhor de sua carreira. A bielorrussa figurou entre as 15 melhores do ranking mundial juvenil há duas temporadas e tem três títulos como profissional.

O primeiro set da partida foi amplamente dominado por Laura Pigossi, que conseguiu três quebras de serviço e não enfrentou break-points. Além do ótimo desempenho nos games de saque, com apenas seis pontos perdidos, a paulistana vinha dominando os ralis de fundo. Kolodynska tentou algumas bolas mais altas, mas não foi tão efetiva. Além disso, quando a bielorrussa arriscava bater mais forte na bola, cometia muitos erros não-forçados.

O cenário do segundo começou foi parecido, com Pigossi conseguindo mais uma quebra logo cedo para abrir 3/0 no placar. Desta vez, Kolodynska até teve um break-point, mas errou uma devolução. A jovem bielorrussa tentou quebrar o ritmo usando algumas curtinhas, evitando uma nova quebra de serviço. No momento em que a brasileira sacou para o jogo, liderando por 5/3, Kolodynska devolveu a quebra. Mas Pigossi foi mais consistente nos ralis de fundo para quebrar de novo, definir a disputa em sets diretos e conquistar o título na Bahia.

Jeanjean e Strakhova conquistam o título de duplas
Também na manhã deste sábado, a francesa Leolia Jeanjean e a ucraniana Valeriya Strakhova conquistaram o título de duplas em Feira de Santana. Elas venceram na final as norte-americanas Haley Giavara e Abigail Rencheli por 7/5 e 6/4. Jeanjean, de 27 anos conquistou seu terceiro título de duplas no circuito da ITF, enquanto Strakhova está com 28 anos e acumula a incrível marca de 41 títulos de duplas em torneios da Federação Internacional.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE