PLACAR

Kostyuk derruba a terceira top 10 e decide em Stuttgart

Marta Kostyuk (Foto: Porsche Tennis Grand Prix)

Stuttgart (Alemanha) – A semana de Marta Kostyuk no WTA 500 de Stuttgart segue com resultados expressivos. Depois de ter passado por Qinwen Zheng nas oitavas e por Coco Gauff nas quartas, a ucraniana de 21 anos e 27ª do ranking venceu mais uma top 10 e eliminou a tcheca Marketa Vondrousova, número 8 do mundo e atual campeã de Wimbledon, por 7/6 (7-2) e 6/2 em 1h35 de partida.

Kostyuk tem apenas um título de WTA na carreira, conquistada no 250 de Austin no ano passado. Já na atual temporada, a ucraniana também foi finalista no 500 de San Diego. A ex-número 2 juvenil conseguiu em 2024 suas melhores campanhas em Grand Slam, quartas no Australian Open, e também em WTA 1000, semifinal de Indian Wells. Com isso, terá o melhor ranking da carreira, no 21º lugar, e pode entrar no top 20 se for campeã.

“Eu precisei ser muito paciente hoje e fico muito feliz por ter conseguido fechar essa partida em dois sets”, disse Kostyuk na entrevista em quadra. “Eu joguei contra a Coco ontem e ela é também uma das jogadoras que melhor se movimenta no circuito. Então você não pode se apressar e eu tentei abrir a quadra o máximo possível. Você não pode cometer muitos erros contra essas jogadoras, porque é isso que elas querem”.

Duelo contra Rybakina na final deste domingo às 8h

Das sete vitórias de Kostyuk contra top 10, três foram nesta semana. Ela enfrenta na final de Stuttgart a cazaque Elena Rybakina, número 4 do mundo, às 8h (de Brasília) deste domingo. Rybakina eliminou a líder do ranking e bicampeã do torneio Iga Swiatek por 6/3, 4/6 e 6/3 em partida com 2h50 de duração neste sábado. O histórico de confrontos entre elas está empatado por 1 a 1. A ucraniana venceu no ano passado em Adelaide e a cazaque deu o troco no US Open.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

“Não sei se as pessoas sabem, mas eu perdi os primeiros 14 jogos que fiz contra top 10 e estou tentando mudar esses números. É incrível poder vencer algumas das melhores jogadoras do mundo durante essa semana e espero poder fazer isso mais uma vez neste torneio”, acrescentou a ucraniana.

Após um primeiro set parelho, ucraniana retomou o domínio

O primeiro set teve alguns altos e baixos, já que Kostyuk chegou a ter duas quebras de vantagem e liderou por 5/1. Sacando para o set, a ucraniana perdeu as três primeiras chances de fechar e permitiu a reação à Vondrousova, que buscou o empate e forçou o tiebreak. Ainda assim, Kostyuk venceu dois pontos importantes nas devoluções e venceu a parcial.

Logo na abertura do segundo set, Kostyuk voltou a quebrar. E diante de uma rival muito sólida de fundo e capaz de fazer muitas variações, a ucraniana precisava trabalhar os pontos com paciência e sem pressa na busca pelos winners. Ela voltou a quebrar e novamente fez 5/1. E desta vez, mesmo enfrentando dois break-points no último game da partida, não deixou a vantagem escapar. Kostyuk liderou a estatística de winners por 29 a 12 e cometeu 38 erros contra 29 da tcheca. Ela conseguiu quatro quebras na partida e perdeu só dois games de saque.

3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
JBG
JBG
1 mês atrás

Enfim novidades amanhã. Marta Kostyuk vs Elena Rybakina na final. Parabéns! Mereceram, agora quem vai levar aquele lindo Porsche? Quase que Iga Swiatek fica com três.

Fernando Venezian
Fernando Venezian
1 mês atrás

Ucraniana raçuda hein! Surpreendeu geral!

Leo
Leo
1 mês atrás

Vai subir bastante no ranking a kostyuk.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE