PLACAR

Kostyuk cede só 5 games e volta a superar Pavlyuchenkova

Marta Kostyuk (Foto: BNP Paribas Open)

Indian Wells (EUA) – Pela segunda vez num intervalo de 11 dias, a ucraniana Marta Kostyuk voltou a superar a russa Anastasia Pavlyuchenkova para avançar às quartas de final de Indian Wells e garantir a melhor campanha da carreira em um WTA 1000. Kostyuk marcou as parciais de 6/4 e 6/1 em 1h18 de partida nesta terça-feira. Foi uma vitória mais tranquila que o duelo de três sets, nas quartas de San Diego, há menos de duas semanas.

“Joguei contra ela faz pouco tempo e tivemos uma partida muito difícil. As condições lá em San Diego eram diferentes, estava muito frio e com a bola mais pesada”, relatou Kostyuk na entrevista em quadra. “Hoje eu pude usar melhor minhas armas, cometer menos erros e deixá-la mais desconfortável. No primeiro set eu pensei em várias coisas que não estavam funcionando. Essa é a mentalidade de uma jogadora de tênis, tudo tem que estar perfeito. E fico muito feliz por ter conseguido avançar as quartas”.

A partida começou com games longos e uma quebra para cada lado e o equilíbrio prevaleceu até o oitavo game. Só então, Kostyuk voltou a quebrar e passou à frente. Sacando para fechar, ela ainda escapou de um break-point. A ucraniana foi muito superior no segundo set, e só perdeu três pontos em seus games de serviço. Bastante agressiva, jogando em cima da linha de base e pegando a bola na subida, ela conseguiu três novas quebras e fechou o jogo. Kostyuk fez 17 a 14 nos winners e cometeu só 13 erros contra 33 da russa.

Foram necessárias apenas duas vitórias para Kostyuk chegar às quartas. Ela entrou direto na segunda rodada, por ser cabeça de chave, e ganhou da japonesa Mai Hontama na última sexta-feira. Depois, contou com a desistência de Marketa Vondrousova, número 7 do mundo e campeã de Wimbledon, que se retirou por motivos pessoais. Até então, seu resultado mais expressivo em um WTA 1000 era do fim do ano passado, em Pequim, quando ela chegou às oitavas. A jovem ucraniana de 21 anos e 32ª do ranking tem como melhor marca da carreira o 28º lugar, alcançado em janeiro. Com os resultados de momento, está voltando ao top 30 e com grandes chances de igualar seu recorde pessoal.

A adversária de Kostyuk nas quartas de final de Indian Wells é mais uma russa, a 33ª colocada Anastasia Potapova, que mais cedo venceu a italiana Jasmine Paolini, 14ª do mundo e campeã do WTA 1000 de Dubai, por 7/5, 0/6 e 6/3. Potapova venceu os dois duelos anteriores contra a ucraniana, disputados no ano passado em Miami e Birmingham.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Alecsa
Alecsa
1 mês atrás

Então, pelo menos a sina da Bia de fazer campeãs não se concretizará neste torneio. A Bia deu adeus as duplas tb. A questão agora é saber o que está apresentando está bom e segue assim ou está na hora de mudar alguma coisa. Somente ela pra responder. Masss continuo na torcida. Bora Bia… Para a próxima primeira rodada, ou segunda…. Sem muitas expectativas!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE