PLACAR

Klier e Sakamoto vencem e duelam nas quartas no Chile

Gilbert Klier (Foto: Luiz Cândido/CBT)

Temuco (Chile) – O tênis brasileiro já tem dois representantes garantidos nas quartas de final do challenger de Temuco, em quadras duras no Chile. O paulista Pedro Sakamoto e o brasiliense Gilbert Klier venceram seus jogos na rodada desta quarta-feira. Os dois vão se enfrentar por uma vaga na semifinal. Em dois duelos anteriores, ambos em 2021, cada jogador venceu uma vez.

Klier foi o primeiro a entrar em quadra e ainda não perdeu sets no torneio. O jogador de 23 anos e atual 461º do ranking superou nesta quarta-feira o peruano Ignacio Buse, jovem de 19 anos e 471º colocado, por 6/4 e 7/6 (8-6) em 1h50 de partida. O brasiliense chega às quartas de final de um challenger pela primeira vez na temporada. Ele também tem dois títulos e um vice em torneios de nível future em 2023.

Já o experiente Pedro Sakamoto, de 30 anos e 365º do ranking, venceu um duelo nacional contra o pernambucano João Lucas Reis, de 23 anos e 321º colocado, por 6/4, 4/6 e 6/2 em 1h53. Foi a segunda vitória de Sakamoto contra Reis no circuito, repetindo o resultado do challenger de Santa Cruz, em setembro, na Bolívia. O paulista de Guarulhos busca sua segunda semifinal de challenger na temporada, repetindo o resultado de Cali, em junho, na Colômbia.

Os dois brasileiros nas quartas estão garantindo 16 pontos na ATP e podem somar 30 pontos se forem semifinalistas. Sakamoto está recuperando 23 posições no ranking e saltando para o 342º lugar. A melhor marca da carreira é a 284ª colocação. Já Klier está ganhando 39 posições e indo para o 422º lugar. Ele já foi 354º do mundo em junho do ano passado. João Reis recebe sete pontos e pode ganhar até cinco posições.

Ainda nesta quarta-feira, Matheus Pucinelli foi eliminado nas oitavas de final. O paulista de 22 anos e 353º do ranking foi superado pelo argentino Santiago Rodriguez Taverna, cabeça 6 do torneio e 224º do mundo, com parciais de 3/6, 7/6 (10-8) e 6/1 em partida com 2h46 de duração. Pucinelli chegou a ter um match-point no tiebreak do segundo set. Ele recupera dez posições por ter vencido o jogo de estreia.

Outro brasileiro no torneio é Gustavo Heide, paulista de 21 anos e 244º do mundo. Sétimo cabeça de chave em Temuco, Heide está nas oitavas e joga nesta quinta-feira contra o monegasco Valentin Vacherot, 299º do ranking. Se vencer, pode enfrentar nas quartas o norte-americano Alafia Ayeni ou o lucky-loser peruano Conner Huertas.

7 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Nilton
Nilton
2 meses atrás

Ótimo torneio dos dois e excelente oportunidade para alcançar as semifinais.
Barrios Vera é amplo favorito pra alcançar a final nesse lado da chave contra qualquer um dos brasileiros, isso se não for surpreendido antes obviamente.
A esperança maior do Brasil ainda é o Heide, ele tem totais condições de buscar final, principalmente tendo em vista que o principal tenista da chave de baixo é quem justamente perdeu pro Fonseca na semana passada.

Jorge Luiz
Jorge Luiz
2 meses atrás

Taverna não terá outro brasileiro na próxima, por que brasileiro perdeu o segundo set, principalmente no TB no terceiro já era, e quase sempre um massacre, ontem foi o Alves, hoje o Pucinelli, brasileiros, já ouviram falar em terceiro set?

Jorge Luiz
Jorge Luiz
2 meses atrás

Mais uma virada do Taverna sobre brasileiro, Pucinelli teve match point, Sakamoto em boa fase, na torcida para o Heide copar

Ubiratan (Black)
2 meses atrás

Podíamos ter chegado com mais brasileiros, tiveram grandes chances desde a primeira rodada, mas ainda somos maioria. Vamos pra cima, colocar 2 nessas semi!!!

Rafael
Rafael
2 meses atrás

Cabelo de boneca era a Âncora dos brasileiros, com aquele discurso de brazilliam storm.
Só alegrias agora.

Guilherme do ES Ribeiro
Guilherme do ES Ribeiro
2 meses atrás

Excelente resultado para o Klier, atingindo as quartas de final de Challenger pela primeira vez na carreira. E teremos um brasileiro garantido na semifinal

Marcelo Scotton
Marcelo Scotton
2 meses atrás

Que fase do Reis. E teve cara dizendo que era cara pro top 200. Puci sem comentários…

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE