PLACAR

Kenin avança em Hobart, Stephens para na estreia

Sofia Kenin (Foto: Hobart International)

Hobart (Austrália) – Duas norte-americanas campeãs de Grand Slam entraram em quadra nesta terça-feira pelo WTA 250 de Hobart. Enquanto Sofia Kenin venceu com tranquilidade sua partida de estreia, Sloane Stephens não passou da primeira rodada do torneio preparatório para o Australian Open.

Cabeça 6 em Hobart e vencedora do torneio em 2019, Kenin precisou de apenas 1h10 para vencer a belga Greet Minnen por duplo 6/3. A jogadora de 25 anos aparece atualmente no 38º lugar do ranking e chegou a ser número 4 do mundo em 2020, ano em que conquistou o Australian Open e foi vice de Roland Garros. Sua próxima rival é a australiana Daria Saville.

Estou muito feliz pela vitória de hoje, me sinto em casa. Foi aqui que ganhei meu primeiro WTA e obviamente este torneio me traz ótimas lembranças”, disse Kenin, que também foi semifinalista no ano passado. “Sei que o próximo jogo será difícil. Daria é uma lutadora. Seria ótimo já disputar algumas partidas antes de ir para Melbourne, mas quando cheguei à final de não tive muitas partidas e acabei chegando à final. Mas é claro que se eu tivesse que escolher, gostaria de jogar muitas partidas antes”.

Já Sloane Stephens, atual 43ª do mundo, ficou em quadra por 2h50 e foi superada pela chinesa Yue Yuan, 73ª do ranking, por 6/4, 3/6 e 7/6 (7-5). Yuan terá um duelo chinês contra Xinyu Wang, cabeça 4 do torneio e 34ª colocada, que derrotou a australiana Olivia Gadecki por 6/3, 3/6 e 6/3.

A também chinesa Lin Zhu, que havia vencido na segunda-feira, conheceu sua próxima adversária. Cabeça 3 do torneio e 29ª do mundo, ela enfrenta a norte-americana Caroline Dolehide, que bateu a egípcia Mayar Sherif por 6/1 e 6/4.

Outra norte-americana em quadra na rodada foi Emma Navarro, segunda cabeça de chave e número 31 do mundo. Vinda de uma semifinal em Auckland na semana passada, Navarro bateu a francesa Clara Burel por 4/6, 6/3 e 6/3. Ela enfrenta nas oitavas a polonesa Magdalena Frech, que passou pela espanhola Sara Sorribes por 0/6, 6/1 e 6/4.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Nadal leva público italiano ao delírio com incrível reação

Conheça o que aconteceu nos bastidores do WTA 100 de Madri

PUBLICIDADE