PLACAR

Jovem romena acusa academia de Mouratoglou por dopagem

Foto: UTS

Biot (França) – Atual 448ª colocada no ranking de simples da WTA, a romena Maria Sara Popa, de 18 anos, fez graves acusações à academia do treinador francês Patrick Mouratoglou, conhecido por seu trabalho com Serena Williams e outros grandes nomes do circuito. Segundo ela, é comum na equipe a prática de oferecer substâncias diversas a tenistas entre 12 e 17 anos de idade, tendo uma metodologia aplicada para que não sejam detectadas em exames antidoping.

Popa ressalta que nas categorias inferiores quase não há controle e os médicos oferecem esses elementos com a aprovação dos pais dos jogadores. “A forma como eles procedem lá é entregando uma ficha aos pais dos tenistas, que devem assinar para deixar claro que concordam com o que vai ser feito. Quando descobri fiquei com medo”, revelou a jovem ao site romeno As.

A tenista diz ainda que casos assim são mais comuns do que vêm à tona na mídia. “Tem atleta que toma essas substâncias, mas não é pego porque sabe exatamente quando tomar e eliminá-la do corpo. Eu, por exemplo, fazia teste semanalmente e nunca tomei, mas não posso colocar a mão no fogo pelos outros. Os suplementos são diferentes das substâncias que os preparadores físicos e médicos das academias dão aos atletas”, explica.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Sara Maria Popa chegou à academia de Patrick Mouratoglou aos 12 anos de idade e em 2023 conquistou seu primeiro título profissional, no ITF W15 de Brasov. No último mês de janeiro, ela faturou também o W35 de Buenos Aires. Na semana seguinte, foi superada pela paulista Carolina Meligeni, também no saibro argentino, com um duplo 6/2.

As acusações da jovem romena vem à tona justamente durante uma semana em que sua compatriota Simona Halep foi ouvida pelas autoridades após ser suspensa por quatro anos devido a um caso de doping quando era treinada por Mouratoglou. A ex-número 1 do mundo reitera ser inocente e rompeu sua relação com o técnico, afirmando não ter mais confiança nele. O próprio francês admitiu no fim do ano passado que sua equipe havia recomendado o uso de colágeno para a atleta, que após isso acabou testando positivo para a substância roxadustat.

6 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Eduardo
Eduardo
2 meses atrás

Sinal amarelo pra formação da Victoria Barros. Será que a mãe da Victoria, que acompanha ela de perto, concordaria com esses métodos? Olha, taí algo complicado de se provar, mas…

Rodrigo
2 meses atrás

Muita coragem dessa tenista romena falar isso publicamente. Mas evidente que o Mouratoglou não é o único que utiliza esse “procedimento”.

Leo, o realista
Leo, o realista
2 meses atrás

O tenis, como qualquer outro esporte tem suas dificuldades com o controle de doping.
Lembro que nos anos 2000, havia um blog interessante e independente, que denunciava práticas ilegais, indícios e as passadas de mão na cabeca dos grandes tenistas. Chamava: tennis has a steroid problem

Neri Malheiros
Neri Malheiros
2 meses atrás

Dalcim, sei que ainda é bastante cedo para formar uma opinião abalizada, até porque os dois lados precisam ser ouvidos, mas para você, como um jornalista especializado, quais são as primeiras impressões a respeito da denúncia da jovem tenista romena Maria Sara Popa sobre tais métodos supostamente empregados pela academia de Mouratoglou? Isso poderá levantar desconfianças sobre a precocidade e os resultados expressivos da nossa Victoria Barros, como fica implícito no comentário do Eduardo?

Coincidência ou não, a declaração dessa conterrânea de Simona Halep veio à tona exatamente quando a ex-número 1 anuncia que irá processar a empresa fabricante do suplemento em que foi encontrada substância proibida pela Wada e depois de Mouratoglou ter assumido o erro pela recomendação do suplemento à atleta suspensa.

José Nilton Dalcim
Admin
1 mês atrás
Responder para  Neri Malheiros

Olha, Neri, diz-se nos bastidores que é um tanto comum os juvenis abusarem de algumas substâncias pela falta total de exames antidopings na categoria. Assim, é algo a ser profundamente investigado. E, claro, toda acusação exige comprovações e aguardemos o que a romena tem a mostrar.

Vanessa
Vanessa
2 meses atrás

Bom, na postagem sobre a Halep, eu já havia dito que tinha caroço nesse angu. Quando ele admitiu ter indicado o suplemento pra ela, e após a divulgação da suspensão o fato de o Rune o ter dispensado, sendo que estavam em uma crescente, já tinha demonstrado que algo de errado não estava certo. Espero que a Victória Barros esteja sendo bem assistida para evitar essa situação.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da decisão em Monte Carlo

Medvedev em outro ataque de fúria e desconta na raquete

PUBLICIDADE