PLACAR

Invencibilidade de Djokovic no AO era a 6ª maior em Slam

Foto: Tennis Australia

Melbourne (Austrália) – Com a derrota sofrida nesta sexta-feira nas semifinais do Australian Open, o sérvio Novak Djokovic viu ruir sua invencibilidade no torneio, que já durava 33 partidas. A sequência era a maior na história do torneio, com oito a mais do que a segunda, mas fica apenas em sexto quando o assunto são os quatro Grand Slam.

Djokovic inclusive tem uma série de vitórias maior do que essa, chegou a ficar 34 jogos sem perder em Wimbledon, no que foi a maior sequência de Grand Slam, mas apenas a quinta no total. O recorde de invencibilidade é do sueco Bjorn Borg, que ficou 41 jogos sem perder em Wimbledon.

O suíço Roger Federer está empatado com sigo mesmo com duas séries de 40 vitórias, uma delas também em Wimbledon e a outra no US Open. A quarta colocação fica com o espanhol Rafael Nadal, que venceu 39 partidas seguidas em Roland Garros (onde também tem uma série de 33 jogos sem perder).

17 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Ana Paula do Nascimento de Mello
Ana Paula do Nascimento de Mello
25 dias atrás

Esse cara é o melhor, a vida não é feita apenas de vitória

William
William
25 dias atrás

Ué. Você falam que ele é o melhor porque ganha mais.. qdo perde, aí não vale? Kkkkkk

Ivan
Ivan
25 dias atrás

Ele Djoko e o Nadal são os dois melhores da história, os números comprovam isso….. simples assim….

Lee
Lee
24 dias atrás

O melhor já não está mais no circuito!

JOÃODERVAL
25 dias atrás

Chora Djokovets!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
25 dias atrás
Responder para  JOÃODERVAL

24 > 22

CabeloBoneca
CabeloBoneca
25 dias atrás
Responder para  Paulo Sérgio

chora não bebê kkkkkkkkk

Flávio
Flávio
25 dias atrás
Responder para  CabeloBoneca

CARA ACORDA filho, não é porque que perdeu que você pode diminuir a sua carreira, olha aí Djokovic não precisa provar mais nada ninguém e os números dele mostram isso. Então derrotas acontecem, óbvio que não perdia no A.O. há muito tempo, mas vejo como natural essa derrota de hoje porque a idade já esta começando a pesar para ele, tanto é que ele mesmo disse que não fez um bom torneio e chegou até à semi porque é um jogado extraordinário, agora eu acho que Djokovic ainda tem um tempo para pensar em ganhar + 1 slam e chegar aos 25, recorde total, aí sim finalizar a carreira vencedora dele. Detalhe não sou torcedor do Djokovic e sim um admirador máximo do maestro Federer devido a sua genialidade em quadras, mas respeito Nadal e Djokovic e ambos chegaram onde estão porque merecem.

Paulo Almeida
Paulo Almeida
25 dias atrás
Responder para  JOÃODERVAL

412 > 209
7 > 0
8 > 5
40 > 36

Acorda.

Sérgio Ribeiro
Sérgio Ribeiro
25 dias atrás

Sequência imbatível são CINCO WIMBLEDON CONSECUTIVOS ( Borg e Federer) e CINCO USOPEN CONSECUTIVOS ( Federer) . Óbvio que os dois teriam as duas maiores sequências de vitórias em SLAM . O ” goat” aparece em SEXTO …kkkkk. Abs!

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
25 dias atrás
Responder para  Sérgio Ribeiro

Veja aí quem tem mais majors? O que vale mais 24 > 20 ou títulos consecutivos?

Fernando
Fernando
25 dias atrás
Responder para  Sérgio Ribeiro

Esse tal de GOAT (Federer) que ganhou apenas um Roland Garros, nunca derrotou Nadal no saibro parisiense, tem menos Slams e Masters do que Djokovic?

Paulo Almeida
Paulo Almeida
25 dias atrás
Responder para  Fernando

Menos Finals, semanas e temporadas #1. Perde feio em tudo que interessa.

Fabio
Fabio
25 dias atrás

Esses caras jogam hein! Kkkkk

Marcio Maia
Marcio Maia
25 dias atrás

Só faltou um pequena informação na matéria, porém, muito importante. Quem foi que derrotou Djokovic???

Osvaldo
Osvaldo
25 dias atrás

triste fim de carreira pra ele

Alex
Alex
25 dias atrás

Nadal manda lembranças kkkk

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE