PLACAR

Iga: “Sei o que fiz de errado este ano e isso não vai se repetir”

Foto: Florian Eisele/AELTC

Londres (Inglaterra) – Eliminada ainda na terceira rodada de Wimbledon, Iga Swiatek não escondeu a frustração pela derrota precoce no Grand Slam londrino e que encerrou uma série invicta de 21 jogos para ela. A número 1 do mundo estava sem perder desde a semifinal de Stuttgart, em abril, e conquistou de forma consecutiva os títulos de Madri, Roma e Roland Garros. O desgaste físico e emocional depois de uma longa temporada de saibro foi um motivos elencados pela polonesa para o desempenho abaixo do esperado no terceiro Grand Slam do ano.

“Eu me esforcei ao máximo, mas meu tanque ficou repentinamente vazio. Fiquei surpresa, mas sei o que fiz de errado depois de Roland Garros. Não descansei direito e não vou cometer esse erro novamente”, disse Swiatek, após a derrota por 3/6, 6/1 e 6/2 para a cazaque Yulia Putintseva neste sábado em Londres.

A polonesa de 23 anos não chegou a disputar torneios preparatórios ou mesmo exibições na grama, mas manteve agenda muito lotada entre os treinos e compromissos fora de quadra, algo que ela não pretende repetir nas próximas temporadas. “Eram muitos compromissos comerciais que eu me planejei para fazer agora e não ter tantos antes das Olimpíadas”, afirmou.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

“Depois de uma temporada tão difícil no saibro, eu realmente precisava me recuperar melhor tanto física quanto mentalmente. Eu literalmente voltei ao trabalho. Não no tênis, mas fora da quadra, e não deveria ter feito isso. Talvez no próximo ano, eu tire férias e literalmente não faça nada”, explicou a líder do ranking, que tem 47 vitórias e apenas cinco derrotas em 2024.

Perguntada sobre a reação da cazaque na partida, a polonesa acredita que a rival soube aproveitar as oportunidades abertas depois de ter cometido erros em momentos importantes: “Eu cometi alguns erros que não deveria ter feito no segundo set e permiti que ela voltasse para o jogo e ela aproveitou a chance”.

“Ainda vou precisar rever esse jogo, porque estava mais focada no que eu tinha que fazer em quadra. Mas a temporada de grama já acabou, então eu não preciso analisar taticamente agora, pensando já nos torneios das próximas semana. Será totalmente diferente no saibro e na quadra dura.

Único Slam que a polonesa não chegou à semi

Wimbledon continua sendo o Grand Slam de menor sucesso para a polonesa, que é tetra de Roland Garros, tem um título do US Open e uma semifinal na Austrália. Seu melhor resultado na grama londrina é do ano passado, quando chegou às quartas, e ela ainda não conquistou títulos de WTA no piso.

“Sinto que na grama preciso de um pouco mais de energia para continuar sendo paciente e aceitar que vou cometer alguns erros. É difícil para mim sair da situação onde eu estava jogando o melhor tênis da minha vida para outra superfície onde sofro um pouco mais. Todas essas coisas combinaram com o fato de não me sentir tão bem neste torneio”.

Próximo objetivo: Jogos Olímpicos de Paris

O foco da número 1 do mundo se redireciona para o saibro, já que ela voltará ao complexo Roland Garros na condição de favorita nos Jogos Olímpicos de Paris. As competições de tênis na capital francesa começam daqui a três semanas, em 27 de julho. “Perdi na terceira rodada e senti que isso foi um pouco abaixo do esperado. Mas assim é o tênis, você tem que seguir em frente. Terei muito mais chances este ano de jogar melhor. Vou me concentrar apenas nisso”.

Subscribe
Notificar
guest
5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Flávio
Flávio
6 dias atrás

Não é isso polonesa, ora na grama sagrada precisa variar o jogo se não variar na qualidade técnica fica difícil e pelos melhores momentos que vi agora parece que a Putinstseva usou isso bem.

Gilmar
Gilmar
6 dias atrás

pior #1 da história… joga feio demais…

SANDRO
SANDRO
5 dias atrás
Responder para  Gilmar

As outras números ganhariam da IGA??? Acho muito difícil, as outras numeros 1 teriam que jogar MUITO para ganhar da IGA…

Marcelo Krebs
Marcelo Krebs
6 dias atrás

Que continue a errar nos próximos anos picolé de chuchu .

Danilo
Danilo
6 dias atrás
Responder para  Marcelo Krebs

Kkkkkkkk picolé de chuchu é uma ótima definição pra ela

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE