PLACAR

Iga se impõe e marca a 21ª vitória seguida no circuito

Foto: AELTC

Londres (Inglaterra) – Em seu segundo compromisso em Wimbledon, Iga Swiatek conseguiu mais uma vitória em sets diretos. A número 1 do mundo conseguiu se impor contra a experiente croata Petra Martic, 85ª do ranking, marcando as parciais de 6/4 e 6/3 em apenas 1h23 de partida.

Esta foi a 21ª vitória seguida para Swiatek, que conquistou os títulos de Madri, Roma e Roland Garros na temporada de saibro e não disputou torneios preparatórios na grama antes de Wimbledon. A polonesa de 23 anos e dona de cinco Grand Slam tem 47 vitórias e apenas quatro derrotas em 2024 e seu melhor resultado no torneio londrino é de quartas de final do ano passado.

A líder do ranking venceu todos os quatro duelos que fez contra Martic no circuito, dois deles na grama. E sua próxima adversária é a cazaque Yulia Putintseva, 35ª do ranking e recente campeã em Birmingham, que derrotou a tcheca Katerina Siniakova por 6/0, 4/6 e 6/2. Swiatek venceu os quatro jogos que fez contra Putintseva, dois deles este ano, em Indian Wells e Roma.

Polonesa não enfrentou break-points e neutralizou variações da rival

Superada por Swiatek nesta quinta-feira, Martic está com 33 anos e chegou a ser 14ª do mundo em 2020, menos de um ano depois de ter alcançado as quartas de final de Roland Garros. A experiente jogadora croata é reconhecida por seu estilo de jogo com muitos slices de backhand, curtinhas e subidas à rede. Ela não conseguiu resistir ao jogo agressivo da número 1 do mundo, que conseguia ditar o ritmo nos ralis de fundo e dispõe de um saque cada vez mais seguro.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Iga não enfrentou break-points na partida e vinha confirmando seus games de serviço de forma bastante tranquila, variando entre saques mais abertos e outros no corpo, e atacando o forehand da adversária para não deixar que a croata ficasse tão confortável para executar seu jogo. Com isso, Martic ficava muitas vezes na defensiva, bem atrás da linha de base. Ainda assim, a parcial foi equilibrada e teve uma quebra no último game, após uma sequência de boas devoluções da número 1.

Martic chegou a receber atendimento da fisioterapeuta para tratamento nas costas no fim do primeiro set. A croata conseguia se manter competitiva na partida ao confirmar a maioria dos games de saque sem correr tantos riscos, ainda mais quando utilizava saques com quiques mais altos, dificultando a devolução.

A nova quebra da partida aconteceu apenas no oitavo game, quando a polonesa aproveitou duas subidas da rival à rede para aplicar passadas com o backhand. Sacando para o jogo, manteve o ótimo desempenho e definiu a partida. Swiatek liderou a estatística de winners por 25 a 13, cometeu 19 erros contra 15, aproveitou duas de suas três chances de quebra no jogo.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Refaelov
Refaelov
14 dias atrás

A Cazaque é super instável mentalmente mas, tem recursos técnicos para complicar a vida da Iga nessa superfície.. A ver.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE