PLACAR

Goffin aproveita convite estreia bem em ATP belga

Antuérpia (Bélgica) – Convidado para a disputa do ATP 250 da Antuérpia, David Goffin aproveitou o fato de jogar em casa e avançou no torneio belga em quadras duras e cobertas. Ele superou nesta segunda-feira o francês Quentin Halys, 87º do ranking, por 6/4 e 6/1.

Ex-número 7 do mundo e vencedor de seis torneios da ATP, Goffin aparece atualmente no 105º lugar do ranking. Seu título mais recente foi no saibro de Marrakech no ano passado. Já no ATP da Antuérpia, a melhor campanha do belga foi a semifinal de 2016.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Goffin não vencia um jogo de nível ATP desde a campanha até a terceira rodada de Wimbledon. Desde então, o belga vinha atuando em torneios challenger, além de ter caído ainda no quali do US Open. Seu próximo rival será o espanhol Roberto Carballes Baena ou o francês Giovanni Mpetshi Perricard.

Outro tenista que aproveitou muito bem o convite foi o estoniano Mark Lajal, jovem de 20 anos e 229º do ranking, que venceu o espanhol Jaume Munar, 83º do mundo, por 6/3 e 6/4 em apenas 1h09 de partida. Lajal terá nas oitavas um duelo da nova geração contra o francês Arthur Fils, de apenas 19 anos e já 38º do mundo. Fils é o cabeça 4 do torneio.

A segunda-feira teve duas vitórias para jogadores franceses. Gregoire Barrere passou pelo colombiano Daniel Galan por 6/1 e 7/6 (7-5) e enfrenta o cazaque Alexander Bublik, terceiro cabeça de chave. Já Hugo Gaston passou pelo compatriota Arthur Rinderknech por 7/6 (9-7) e 6/4. Seu próximo rival será o alemão Jan-Lennard Struff, cabeça 2 nesta semana.

Gasquet e Thiem estreiam nesta terça
Entre os destaques desta terça-feira estão as estreias de Richard Gasquet e Dominic Thiem. Ainda pela manhã, às 11h30 (de Brasília), Gasquet enfrenta o alemão vindo do quali Maximilian Marterer. O francês é o cabeça 7 do torneio. Já o austríaco Thiem encerra a rodada, por volta das 16h, diante do convidado italiano de 20 anos Luca Nardi.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE