PLACAR

Gauff despacha algoz de Bia, Vondrousova vence e desafia Iga

Foto: Julien Crosnier / FFT

Paris (França) – A norte-americana Coco Gauff não teve dificuldade para vencer mais uma em Roland Garros, precisando de apenas 1h para despachar a italiana Elisabetta Cocciaretto, algoz da paulista Beatriz Haddad Maia na estreia, com o placar de 6/1 e 6/2. Cabeça de chave 3, ela se garantiu nas quartas de final do torneio pelo quarto ano consecutivo.

Eliminada na segunda rodada em sua estreia no saibro parisiense, Gauff soma agora 19 vitórias na competição. Apenas três norte-americanas conseguiram vencer tanto ou mais do que ela em suas cinco primeiras aparições: Chris Evert (29), Serena Williams (21) e Nancy Richey (19).

Nas quartas de final, a norte-americana de apenas 20 anos terá pela frente a vencedora do confronto entre Ons Jabeur e Clara Tauson. Ela tem vantagem no histórico com a tunisiana, somando quatro vitórias em seis jogos e nunca encarou a dinamarquesa no circuito.

Gauff começou com tudo na partida e venceu os cinco primeiros games, com duas quebras seguidas e apenas dois pontos perdidos com o saque, fechando logo depois em 6/1. A segunda parcial teve três quebras nos três primeiros games e a norte-americana confirmando para abrir 3/1. Ela ainda anotou mais um break sobre Cocciaretto antes de selar a vitória.

Vondrousova também passa sem sustos

Quinta mais bem cotada ao título, a tcheca Marketa Vondrousova foi mais uma que não teve problema para superar as oitavas de final em Paris. Neste domingo, ela teve pela frente a sérvia Olga Danilovic, que não impôs tanta resistência e caiu depois de 1h21 de partida, com o placar de 6/4 e 6/2. A próxima rival da canhota tcheca será a polonesa Iga Swiatek, que superou as oitavas em 40 minutos.

Será a quarta vez que elas medirão forças e a número 1 do mundo levou a melhor nas três anteriores, todas triunfando em sets diretos, inclusive uma em Roland Garros, quatro anos atrás, na primeira vez que as duas se cruzaram pelo circuito.

Vondrousova tornou-se apenas a terceira tcheca desde 2000 a alcançar as quartas de Roland Garros mais de uma vez, se juntando a Nicole Vaidisova e Petra Kvitova. Na vitória sobre Danilovic, ela mostrou consistência, com duas bolas vencedoras a mais do que a sérvia (19 a 17) e quase metade dos erros não forçados da rival (32 a 18).

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE