PLACAR

Fonseca oscila e acaba eliminado por britânico na estreia

Foto: Millennium Estoril Open

Estoril (Portugal) – O promissor carioca João Fonseca não conseguiu aproveitar o convite que recebeu para a disputa do ATP 250 do Estoril e acabou eliminado na estreia. Nesta quarta-feira, o tenista de 17 anos oscilou bastante e foi superado pelo quali britânico Jan Choinski, dez anos mais velho e atual 188 do mundo, que marcou parciais de 6/2, 6/7 (5/7) e 6/4 em 2h27 de confronto.

Vencedor de um duelo originalmente marcado para a terça-feira, mas que acabou adiado por causa da chuva, Choinski terá pela frente a missão de desafiar o segundo mais bem cotado ao título, o polonês Hubert Hurkacz, que entra avançado na chave e estreia direto na segunda rodada.

Fonseca até que começou melhor na partida, deixou escapar um break-point logo no primeiro game e conseguiu uma quebra de zero no terceiro para fazer 2/1 e saque. Porém, depois disso o carioca se complicou em seus próximos games de serviço e não conseguiu mais confirmar, levou três quebras seguidas e perdeu cinco games consecutivos. Isso acabou lhe custando o primeiro set.

Depois de perder seis games seguidos, os cinco últimos da primeira parcial e mais um no começo da segunda, Fonseca voltou a confirmar o serviço, mas precisou salvar um break-point para fazer 1/1. Ele se manteve firme até amargar nova quebra no sexto game e viu Choinski abrir 5/2. Foi então que o brasileiro reagiu e venceu três games em sequência.

No momento de pressão, quando o rival sacava para o jogo em 5/3, o carioca pressionou e teve 0-40 de cara, mas sofreu para confirmar a quebra, precisando de sete break-points até conseguir empatar a parcial. Sem novas quebras, a definição foi para o tiebreak.

O jovem carioca largou muito bem no desempate e venceu os quatro primeiros pontos, mas novamente acabou oscilando e aos poucos viu a vantagem de dois mini breaks ruir. Choinski saiu de 1-5 para 5-6, salvando um set-point na devolução. Porém, quando enfrentou o segundo set-point contra, agora com o saque, o britânico falhou e acabou perdendo o set.

Apesar do bom momento, com o empate no placar, Fonseca levou um susto no começo da terceira parcial e precisou salvar triplo break-point saindo de 0-40 para confirmar. A partida seguiu parelha até o fim, com Choinski levando a melhor no momento decisivo. Ele aproveitou outro 0-40 do carioca para anotar uma quebra, no sétimo game, e em seguida salvou um break-point para manter a vantagem até o fim.

Fonseca terá jornada dupla nesta quarta-feira. Após abrir o dia na quadra central, ele voltará mais tarde para fazer sua estreia nas duplas. Ao lado do tenista da casa João Sousa, que vai encerrar sua carreira no torneio, o carioca enfrentará o compatriota Marcelo Demoliner, que joga com o holandês Sem Verbeek.

39 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Bukele
Bukele
19 dias atrás

Fonseca aos 17 anos está jogando aí num nível entre jogador de Challenger e jogador de ATP, ou seja, tem bola pra ficar ali do lado do Felipe Meligeni ou do Thiago Monteiro no ranking, o que já é incrível pra idade atual. Mas não está no padrão sequencial nem do Wild ainda, que dirá de outros top 100. Entendo que se fosse o WIld num jogo desses ganharia de 2×0 tranquilo. Mais sequência de jogos e o Fonseca subirá mais de nível, tenho certeza.

Paulo A.
Paulo A.
19 dias atrás
Responder para  Bukele

Eu vi o jogo e me pareceu que ele ainda não tem variação de jogadas, é só pancadaria o tempo todo. Óbvio que nem sempre vai dar certo; o fato é que ainda tem muito o que evoluir e amadurecer. Hoje perdeu um jogo muito ganhável, infelizmente…

Fernando Romero
Fernando Romero
19 dias atrás

Não vi o jogo mas as estatísticas explicam a derrota: o Fonseca teve 13 breaks e aproveitou 2. Já o inglês converteu 5 em 8 oportunidades. Sete duplas faltas do Fonseca contra 1 do inglês. Assim ninguém ganha jogo

Blumenau Coleções
19 dias atrás
Responder para  Fernando Romero

Me lembrei da Bia contra a Claire Liu na final do WTA125 de Paris em 2022 em que ela dominou o jogo, mas perdeu 13 break points e foi derrotada. Não se perde oportunidades que o adversário concede, tem que ganhar os pontos e fechar o jogo. Infelizmente piscou e tomou um break e perdeu o jogo. Vamos pra próxima.

André
André
19 dias atrás
Responder para  Fernando Romero

Acho estatística um negócio perigoso. Você pode ter diversos breaks em um game complicado, mas não significa que tenha dominado o jogo. Olhando o número friamente pode até dar essa sensação, mas pode ser muito enganosa.

Nylton
Nylton
19 dias atrás
Responder para  André

Correto. Dos 13 breaks que teve, acho que 5 foram no segundo set quando o inglês sacava para o jogo.

Albert
Albert
19 dias atrás
Responder para  André

Sempre achei q essas estatisticas com relação a breaks convertidos e não-convertidos pecavam nesse ponto. Nunca mencionaram em quantos games eles ocorreram. Podem ter sido em um só, podem ter sido em vários.

Eduardo
Eduardo
19 dias atrás

Derrotas assim ajudam a moldar o tenista, João pegou um adversário de challenger, 1a rodada acessível, mas não jogou tudo que pode. Falta a ele desenvolver um saque mais contundente e melhorar fisicamente, mas o caminho é esse.

Odir Cunha
Odir Cunha
19 dias atrás

Fui acompanhar o jogo e estava 3 a 2 para o João no terceiro set, com 15/0 para o adversário. que sacava. Comecei a torcer. Ficou 30/0, 40/0 e game, 3 a 3.
Vez do João sacar e os pontos vieram rápido: 0/15, 0/30, 0/40, game para o inglês.
Decidi fazer outra coisa…

Renato
Renato
19 dias atrás
Responder para  Odir Cunha

Pois deveria ter continuado a fazer essa outra coisa ao invés de vir aqui e postar esse comentário

Psiquiatra
Psiquiatra
19 dias atrás
Responder para  Renato

Kkkkkkkk

Guilherme ES Ribeiro
Guilherme ES Ribeiro
19 dias atrás

Não deu para o brasileiro. Não era o favorito, mas o jogo era bem acessível. Potencial tem, mas o caminho é longo.

Fernando S P
Fernando S P
19 dias atrás
Responder para  Guilherme ES Ribeiro

De acordo com as casas de apostas, ele era o favorito.

Alex William
Alex William
19 dias atrás

que mental fraco do nosso jovem guerreiro , Choinski praticamente so fez devovler , se ele joga com afinco igual toda x que estava atras do ponto teria ganhado com tranquilidade , eu nao entendo ganhar saques a zero e depois tomar quebra de zero … ele foi quebrado de zero duas vezes , enfim ele perdeu nao foi o Choinski quem venceu … vida que segue espero quee tenha sido uma melhor escolha nao ir para o College , ou entao dar uma recuada e jogar uns challenger para ir pegando confianca e ritmo , ser eliminado em primeira rodada de Atp assim praticamente joga a semana fora principalmente pela idade não precisa acelerar o processo …

Eduardo
Eduardo
19 dias atrás
Responder para  Alex William

Como assim? Ele jogou challenger há duas semanas e vai jogar outro semana que vem. Não adianta ficar questionando a decisão dele a todo resultado negativo. Totalmente normal oscilar nessa idade. E ele já está entre os 300 do mundos com pouquíssimos torneios jogados. Estamos em abril ainda…

Andrade
Andrade
19 dias atrás

Precisa melhorar muito a devolução de saque! Além disso, precisa ser mais consistente, pq é capaz de acertar uma bola vencedora e logo em seguida comete 3 erros não forçados. Ainda é muito jovem, tenho esperança que irá melhorar e ter um futuro de sucesso na ATP. Por enquanto, ainda está longe do nível necessário para disputar títulos de torneios ATP.

Eric
Eric
19 dias atrás

Grande jogo. Jogo duro, disputado até o final, num torneio nível ATP na Europa. João tá muito bem, para um jovem de 17 anos. Não podemos cobrá-lo pra ser um novo Nadal ou Alcaraz. Ele já está fazendo mais que 99% dos atletas na sua idade.

João Sawao ando
João Sawao ando
19 dias atrás

Vamos em frente

Fernando Romero
Fernando Romero
19 dias atrás

O retrospecto recemte do choinski é fraquissimo, derrotas seguidas para um monte de tenistas mediocres. Dava pro Fonseca levar essa!

Jorge Luiz
19 dias atrás

Demora um pouco pra engrenar mesmo

Luiz Fernandes
Luiz Fernandes
19 dias atrás

É inegável o talento do garoto, fica a dúvida se não é precoce essa participação em tantos torneios de porte, isso pode ir abalando a confiança, devem saber o que estão fazendo né.

Rocky Balboa
Rocky Balboa
19 dias atrás

Olhei o jogo, o adversário era fraco, não fazia nada com a bola…Fonseca tem que ser mais regular, é muito jovem e se melhorar nesse ponto já vai ganhar jogos como o de hoje com facilidade.

Walter
Walter
19 dias atrás

Faltando mais consistência, que virá com o tempo.

Fernando Romero
Fernando Romero
19 dias atrás
Responder para  Walter

Concordo. A derrota nesta fase faz parte. O ruim mesmo é que perde a oportunidade de encarar um top, o que seria ótimo pra ele, além de ficar uma semana parado.

Thiago
Thiago
19 dias atrás

Pois é… o caminho é longo e tortuoso… ainda oscila demais. Consistência é a chave no tênis, e nisso o Fonseca ainda está bem longe dos grandes. Golpes e qualidade, não faltam. Uma pena, pois era uma estreia pra lá de acessível.

Renato
Renato
19 dias atrás

Valeu pela experiência. O garoto tem só 17 anos, tem muito a desenvolver ainda, física e tecnicamente.

Jose
Jose
19 dias atrás

Tem q ralar nos challengers

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
19 dias atrás

Ainda oscila muito e comete muitos erros não forçados,se ir melhorando nesses quesitos, ganhará jogos como esse muito fácil.

Rafael
Rafael
19 dias atrás

Não sei se está tendo um filtro ou os comentários melhoraram, sempre legal quando vemos mais apoio do que apenas criticas destrutivas. O garoto é jovem e jajá ele pega uma boa sequencia, talento é inegável que tem.

Blumenau Coleções
19 dias atrás
Responder para  Rafael

Não são críticas destrutivas como o amigo prega, tente ver como críticas realistas que os torcedores apaixonados e os politicamente corretos não aceitam, daí as discórdias e hostilidades contra quem assiste e analisa com isenção. Boa semana.

Antônio Luiz Júnior
Antônio Luiz Júnior
19 dias atrás

Fonseca teve altos e baixos, e o seu saque principalmente, esteve bem abaixo, (teve inclusive um número elevado de duplas faltas – 07). Também precisa melhorar bastante a conversão de break points (teve 13 breaks e aproveitou apenas 02). Era um jogo ganhável com certeza, tem mais repertório que o adversário. A falta de experiência também contou bastante, foi bastante afobado em alguns lances decisivos. Precisa melhorar fisicamente. Mas, não podemos exercer uma expectativa exagerada sobre ele, derrotas também são importantes para entender o próprio jogo e evoluir no circuito, devagar e sempre.

João Sawao ando
João Sawao ando
19 dias atrás
Responder para  Antônio Luiz Júnior

Fisicamente ele vai melhorar

Gusmão
Gusmão
19 dias atrás

Tem que jogar mais Challenger, precisa de sequência de jogos, experiência em jogar em vários Países, e principalmente de pontos para subir no ranking, esta semana saiu zerado.
Uma coisa boa foi que a maioria da torcida estava com ele.

Gusmão
Gusmão
19 dias atrás
Responder para  Gusmão

Vai ter um monte de Challenger na América do Sul e Brasil em sequência, dá para baixar bem o ranking e ficar próximo ao 100°.

Mas, na próxima semana, está inscrito no Challenger na Espanha é dureza.

Gusmão
Gusmão
19 dias atrás
Responder para  Gusmão

Se continuar pegando predeira com essa idade, vai ter mais derrotas que vitórias em Nível ATP.
Tem que programar a carreira para entrar como vencedor, senão os Adversários não vão respeitar.
Challenger na América do Sul seria a melhor opção de imediato.
Não adianta ir pela empolgação de torcedor.

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
19 dias atrás

Acredito que será um excelente tenista, mas acho que estão dando o passo maior que a perna, porque não step-by step, provavelmente seria mais produtivo se estivesse em Floripa, se estabeleça nos Challengers , seja aqui ou na Europa, ganhe pontos. Fez uma final incrível outro dia com Heide. Não precisa bater recordes agora, se não vier RG ou WB agora, td bem , ele é novo , mas o US Open é factível. Segue o jogo

Gusmão
Gusmão
19 dias atrás
Responder para  Haroldo Guimarães

Certíssimo.
Os Torcedores empolgados fizeram a mesma coisa com Wild, quiserem precipitar pulando os ITF, ele perdeu muito tempo, e só recebeu críticas ofensivas, agora está mais maduro está tendo produtividade.
Mas agora a situação do Fonseca é pior querem pular os Challenger.

maurício
maurício
19 dias atrás

o que me preocupa não é a derrota em si, mas o impacto na confiança do menino, ele tem muito talento, será que não seria melhor seguir o processo normal e subindo no ranking aos poucos? ao invés de ficar aceitando convites de torneios mais exigentes, sinceramente, não sei, mas espero que esteja sendo bem orientado e que seu time na caia no oba-oba.

Gusmão
Gusmão
19 dias atrás
Responder para  maurício

Correto.
Então queimando o jovem como fizeram com Wild, na empolgação e precipitação.
São pessoas agindo pela emoção.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE