PLACAR

Fonseca luta até o fim, mas é eliminado na segunda rodada

Foto: ATP Challenger Tour

Surbiton (Reino Unido) – Em sua primeira competição profissional sobre a grama, o carioca João Fonseca foi eliminado na segunda rodada do challenger de Surbiton, na Inglaterra. Enfrentando o ex-top 50 e atual 84º do mundo Brando Nakashima, o brasileiro de 17 anos começou mal e conseguiu uma grande reação no segundo set, mas acabou não resistindo ao norte-americano, que triunfou pelo placar de 6/2, 6/7 (5-7) e 6/0 em 1h38 de partida.

Esta foi a 11ª participação de Fonseca na chave principal de um challenger e a sétima em 2024. Ele acumula agora 15 vitórias e 11 derrotas neste nível de torneio, e tem como melhor resultado o vice-campeonato de Assunção, no Paraguai, em março deste ano. Com a campanha desta semana, João está ganhando provisoriamente seis posições no ranking e assumindo o 224º lugar, dois acima de sua melhor marca, o 226º posto do mês passado.

O jovem carioca segue agora para Nottingham, onde novamente utilizará o mecanismo da ATP que lhe permite jogar até oito challengers na temporada de entrada no profissional. Seu calendário na grama ainda inclui a participação no qualificatório de Ilkley a partir do dia 17 e ele aguarda uma vaga para a disputa do quali de Wimbledon. Hoje, Fonseca aparece cinco posições fora da lista da fase prévia, mas vive a expectativa de entrar na disputa com possíveis desistências e a distribuição de convites para tenistas que estão à sua frente.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Já Brandon Nakashima segue para as quartas de final e aguarda pelo vencedor da partida entre o seu compatriota Zachary Svajda e o britânico Daniel Evan, que entrou como convidado e ocupa a condição de segundo principal cabeça de chave. Eles fazem o jogo de encerramento da programação desta sexta-feira.

Nakashima saca melhor e domina a maior parte do jogo

O primeiro set da partida foi definido pela atuação destoante dos dois sacadores. Enquanto Nakashima acertou 81% do primeiro saque e venceu 76% dos pontos com esse fundamento, Fonseca acertou apenas metade do primeiro serviço e ganhou 55% das jogadas nessas condições. O brasileiro também só venceu 36% (4 de 11) das bolas com o segundo saque, facilitando a vida do adversário, que fez o dobro de aces (4 a 2). Com isso, o norte-americano não deu um único break-point e aproveitou as duas chances que teve para abrir vantagem e sair à frente no placar.

Na segunda parcial, o cenário não mudou muito e o aproveitamento de saque do brasileiro continuou muito baixo. Quando ficou na base, João sofreu bastante com as bolas de Nakashima, que mandou na maioria dos pontos, principalmente com um ótimo forehand. Nas tentativas de subir à rede, o jovem carioca recebeu muitas bolas no pé e acabou ficando vendido nos lances.

Brasileiro protagoniza grande reação na reta final

Com uma quebra no quarto game e outra no sexto, Nakashima abriu confortáveis 5/1 no placar e chegou a ter dois match-points com seu saque na sequência, mas Fonseca salvou ambos e conseguiu sua primeira quebra na partida. Mais confiante, o brasileiro novamente ficou a uma bola da derrota em seu serviço, mas escapou mais uma vez e depois voltou a quebrar o norte-americano no nono game, sobrevivendo de vez na partida.

Depois de três games confirmados pelos sacadores, a definição da parcial foi para o tiebreak. O início do desempate foi bastante equilibrado até o 4/4, quando João conseguiu um importante mini break e venceu três pontos seguidos para empatar um jogo que parecia perdido.

Nakashima volta a controlar o jogo e vence

Depois da enorme reviravolta no segundo set, era esperado que Fonseca usasse a confiança e o bom momento para ir para cima e buscar a virada. No entanto, foi Nakashima quem retomou o controle das ações. Com três quebras de serviço, o norte-americano aplicou um “pneu” no brasileiro e sacramentou a classificação para as quartas de final.

Subscribe
Notificar
guest
47 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Aridelson Rue
Aridelson Rue
6 dias atrás

Desempenho muito ruim hoje! Esse piso deveria ser extinto do circuito que piso horrível.

Luiz Correia
Luiz Correia
6 dias atrás
Responder para  Aridelson Rue

A quadra tá feia mesmo. Um areião na linha de base.

F.F.
F.F.
6 dias atrás
Responder para  Aridelson Rue

Existem opinões contrárias
Muitos acham que o saibro deveria ser extinto

Oscar
Oscar
6 dias atrás
Responder para  F.F.

Pois é. Lesão no Djokovic esse ano. Anos atrás no zverev.

Aridelson Rue
Aridelson Rue
6 dias atrás
Responder para  F.F.

Esse piso favorece muito jogador sacador. e com o passar das rodadas a linha de base fica horrorosa.

Marcos Antonio Vargas Pereira
Marcos Antonio Vargas Pereira
6 dias atrás
Responder para  F.F.

Gado gosta de grama pra pastar

Blumenau
Blumenau
6 dias atrás
Responder para  Aridelson Rue

Realmente, é um piso muito perigoso, tanto é que o Australian Open e os torneios satélites eram na grama, mas foram todos modificados para piso sintético. Na Índia também tinha muita quadra de grama, coisa de imperialista que impõe sua cultura, mas felizmente me parece que só vai ter na Alemanha e na Inglaterra.

Última edição 6 dias atrás by Blumenau
José Nilton Dalcim
Admin
6 dias atrás
Responder para  Blumenau

Holanda e Espanha também. A Índia continua a ter muita quadra de grama. A saída da grama do circuito foi por conta do alto custo e da limitação de uso.

Blumenau
Blumenau
6 dias atrás

Felizmente não assisti mais depois de 5×1 no segundo set, pois pensei que a fatura já estava fechada, mas antes vi que o Fonseca não estava sacando muito bem, apesar de alguns aces, e devolvendo meia boca, parecia que estava com medo do japa. Mas valeu pelo treino na grama. Melhor sorte na próxima.

João Sawao ando
João Sawao ando
6 dias atrás
Responder para  Blumenau

Ele é americano

matheus
matheus
6 dias atrás

vixe. virada sensacional dai saio com o cachorro e volto rapidao ja tava 3×0. 6×0 foi em 15 min?

Fabricio
Fabricio
6 dias atrás

Fez o mais o dificil, que foi sair de 1/5 e virar pra 7/6, no segundo set. Faltou mental pro terceiro ser. No terceiro set, ao invés de entrar pra finalizar de vez o abalado Nakashima, já fez logo de cara um primeiro game terrível e aí abalou tudo. Coisas da idade.

Fabricio
Fabricio
6 dias atrás
Responder para  Fabricio

Terceiro set**

Andrade
Andrade
6 dias atrás

Entendi nada, consegue uma recuperação incrível, depois um pneu.

Marcelo Calmon
Marcelo Calmon
6 dias atrás

Lutou até o final??!! Então lutou muito mal 0 X 6 !!! Muita gente endeusando muito cedo ! Vamos com calma, tem que ralar muito ainda.

F.F.
F.F.
6 dias atrás
Responder para  Marcelo Calmon

Exato
Ontem os empolgados já estavam em delírios sonhando com Wimbledon

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
6 dias atrás
Responder para  F.F.

Boa , tem gente que que escreve e deve ter a idade do Fonseca… mas o pessoal aprende, step-by-step, mas serviu como bom treino

Marcos Antonio Vargas Pereira
Marcos Antonio Vargas Pereira
6 dias atrás
Responder para  F.F.

E seu queridinho tem que ralar quanto?

Caseh
Caseh
6 dias atrás
Responder para  Marcelo Calmon

Lutou até o final do segundo set

Vanessa
Vanessa
5 dias atrás
Responder para  Caseh

Os caras tem problema de interpretação de texto… Na matéria está claro que a “luta” se refere ao segundo set. Tenho pra mim que alguns aqui não lêem a matéria e, tampouco, assistem ao jogo antes de comentar.

Evandro
Evandro
6 dias atrás

História de jogo bastante proveitosa para o João, que testou bem os seus limites e poderá tirar valiosas lições para as próximas partidas na grama.

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
6 dias atrás
Responder para  Evandro

certissimo

Tomé
Tomé
6 dias atrás

Até o 6/2, 5/1 e 40/15 com 2 match points contra no saque do Nakashima, a atuação do Fonseca foi pavorosa. Ele não sustentava uma troca de bola e parecia um amador jogando. Preocupante. Nakashima fazia um jogo correto e ganhava com naturalidade. A partir dali Fonseca elevou totalmente seu jogou, devolveu 2 quebras, levou para o tie-break, esteve atrás e conseguiu roubar um set perdido jogando num bom nível. No 3o set ele se desconcentrou totalmente. Parecia satisfeito com a reação e praticamente entregou o jogo. No final, valeu pela bela reação no 2o set contra um adversário com um curriculo decente, em forma e consolidado no top 100. Valeu também pela experiência. Mas para chegar ao próximo nível ele precisa oscilar menos e estar focado durante o jogo inteiro.

Lucas F.
Lucas F.
6 dias atrás
Responder para  Tomé

Pois é, sorte que ele ainda é muito novo, e tem tempo pra evoluir!

Rogério
Rogério
6 dias atrás

A movimentação ficou muito prejudicada provavelmente pelo piso estar molhado, deve ter chovido antes. Mas valeu pela experiência num piso pouco utilizado no circuito.

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
6 dias atrás

O Fonseca teve uma reação incrível no segundo set,mas acabou não conseguindo manter o bom nível no terceiro set e acabou tomando um pneu,mas valeu a experiência.

Juscelino Pinho
Juscelino Pinho
6 dias atrás

Pé no chão. Enfrentar esse pessoal do top 100 requer uma boa caminhada.
É assim mesmo, jogo que segue.

Renato
Renato
6 dias atrás
Responder para  Juscelino Pinho

Excelente comentário. Não tem vida fácil pra chegar no topo. É talento, trabalho, trabalho e trabalho.

James Garcia
James Garcia
6 dias atrás

Sem querer ser hater nem nada, mas fizeram tanto alarde e tanta preparação digno de um superstar que vai apresentar algo bombástico pra chegar e cair desde jeito levando um pneu ainda? Esperava um pouco mais, considerando que a grama é o piso onde o João teve bons números nos juniores estreia bem mais ou menos no profissional

F.F.
F.F.
6 dias atrás

Choque de realidade para a pachecada que se animou em excesso na estreia

Rogério
Rogério
6 dias atrás
Responder para  F.F.

O Fonseca tem muito talento, já é figura conhecida no circuito pela sua potencialidade, a animação com ele é justa! Derrota normal hoje contra um top 100.

Renato
Renato
6 dias atrás
Responder para  F.F.

É.

Marcos Antonio Vargas Pereira
Marcos Antonio Vargas Pereira
6 dias atrás
Responder para  F.F.

Quando o selvagem Ganha do 400 do Mundo vc tem delirious de surealidade. Vai entender o amor.

André Borges
André Borges
6 dias atrás

Como falei ontem, hoje seria o primeiro jogo. Edmund não é mais parametro, é pra ser tratorizado mesmo. Vejo que essas semanas de aprendizado nos challengers de grama serão muito válidas. É um período curto do ano, porém muito tradicional, vale a pena se preparar e aprender o máximo possível pra jogar no All England Club

Maurício
Maurício
6 dias atrás

Os haters já estão fazendo a festa. Criticar um jovem de 17 anos, só no Brasil mesmo. perde um jogo já chove hater.

Maurício
Maurício
6 dias atrás
Responder para  Maurício

E perdeu um jogo pelo qual não era favorito, em um piso que não tem local para treinar no Brasil e no primeiro torneio jogando no adulto na grama.

Leonel
Leonel
6 dias atrás

Jogadores precisam tomar cuidado com quadras estranhas ou com manutenção duvidosa. Aí veio a chuva. Mais um ingrediente buscando um desatento pra machucar. Quem vê só o resultado não e não vê as circunstâncias pode quebrar a cara. De repente Fonseca teve seus cuidados. Tem quadra ou torneios que não compensa “se jogar” ou dar o sangue. Não é desculpismo aqui porque eu vi parte do.jogo e o Fonseca jogou a abaixo do que sabe. Resultado correto.

Guilherme E.S. Ribeiro
Guilherme E.S. Ribeiro
6 dias atrás

Não vi o jogo. A derrota em si é normal. Já tinha comentado ontem que o Nakashima era favorito. O 6\0 preocupa um pouco. Seguir aprendendo e evoluindo. Sem empolgação exagerada, mas reconhecendo que para sua idade, o ano que vem fazendo é de tenistas que normalmente viram TOP no futuro, na maioria das vezes. Garantia ninguém tem, mas as perspectivas e possibilidades são boas.

Ricardo
Ricardo
6 dias atrás
Responder para  Guilherme E.S. Ribeiro

Virar TOP porqué??Desculpe.Se você lembra os 17 anos do Carlitos,do Sinner,do Nadal,do Rune,do Shelton,da Andreeva e de tantos outros e outras está falando do qué??De ser 220 no ranking??Por favor tem é muito pacheco delirante.Um ontem estava colocando o Fonseca como eventual pareo do Sinner e do Carlitos no futuroTeve outro que se perguntava se iria virar um Jarry ,um Shelton ou um….Federer.É mole??

Andre
Andre
6 dias atrás

Pavorosa essa quadra , parece área onde fica o gol, horrível, saibro e quadra rápida até deixam marca da bola mas grama … , só para pastar mesmo.

Danilo
Danilo
6 dias atrás

Eu não consegui entender pq deixou de jogar pelo menos uns dois challenger no saibro para voltar a jogar somente na grama.

PFON
PFON
6 dias atrás

Pq será q os tenistas brasileiros sempre ficam no quase? Fraquíssimos !!

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
6 dias atrás

Será que alguém aqui vai dizer que Brandon pipocou no 2o.set e o Fonseca 3o? Jogo é assim, tem que concentrar até o final.. mas é bom para o Fonseca aprender , perdendo que se cresce.. um dois passo atrás para lá na frente ter sucesso.

JOÃO GREGÓRIO DE ARAÚO
JOÃO GREGÓRIO DE ARAÚO
5 dias atrás

Fonseca nosso futuro campeão, mas temos que ter paciência, um passo de cada vez

Carlos Henrique Silva
Carlos Henrique Silva
5 dias atrás

Tênis brasileiro de mal a pior…quando achamos que o João podia vingar, ao que parece, será mais do mesmo…rsrsrs

Diogo Menezes
Diogo Menezes
4 dias atrás
Responder para  Carlos Henrique Silva

Eu prefiro aceitar que sou ingênuo e não entendi sua ironia, do que acreditar que tu tá falando sério.

Vanessa
Vanessa
5 dias atrás

O João teve bons resultados em todos os pisos no juvenil e no profissional está mostrando que tem potencial para grandes conquistas. A escalada no ranking vai ficando cada vez mais estreita, pois o nível naturalmente aumenta. O João está no caminho certo. Realmente o que ocorreu no 3°set (a baixa no rendimento, mental abalado e muitos erros) precisa ser avaliado com calma para que seja evitado no futuro, mas não dá para exigir uma mentalidade de veterano a um novato.

Última edição 5 dias atrás by Vanessa

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE