PLACAR

Fonseca estreia contra jovem americano, Wild encara russo

Foto: Tiriac Open

Madri (Espanha) – O sorteio da chave do Masters 1000 de Madri não foi ruim para os dois brasileiros que já estão garantidos na chave principal. Tanto o paranaense Thiago Wild como o carioca João Fonseca, convidado da organização, terão pela frente estreias acessíveis na competição.

Atual 63 do mundo, Wild vai abrir campanha contra o russo Roman Safiullin, 42º do ranking, contra quem já jogou duas vezes. O paranaense perdeu o embate mais recente, ano passado no piso duro e coberto de Estocolmo, mas venceu em 2021 quando se cruzaram no saibro do challenger de Zagreb.

Fonseca também escapou de um nome de maior prestígio em sua primeira rodada. Solto na chave, o carioca de 17 anos terá pela frente um duelo de jovens com o norte-americano Alex Michelsen, dois anos mais velho e atual 70 do mundo. Será a primeira vez que eles medirão forças pelo circuito profissional.

Depois da estreia, no entanto, os caminhos de Wild e Fonseca são bastante parecidos e bem duros. Enquanto o carioca pode cruzar com o britânico Cameron Norrie, cabeça de chave 29 na segunda rodada, o paranaense enfrentaria o italiano Lorenzo Musetti, 28º pré-classificado, se superar seu primeiro rival na competição madrilenha.

Caso consigam alcançar a terceira rodada, os dois brasileiros terão verdadeiros testes pela frente. Fonseca está no caminho do norueguês Casper Ruud, que vem embalado após o vice em Monte Carlo e o título em Barcelona. Por sua vez, Wild cruzaria nada menos com a estrela da casa e atual bicampeão do torneio, o cabeça de chave número 2 Carlos Alcaraz.

42 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
1 mês atrás

Fonseca sem pressão , por ser o 1o. jogo pode ganhar. Wild já está mais complicado ,essa faixa de jogadores entre o top 40 e o 80 não está bom pra ele. Força Brasileiros

Bukele
Bukele
1 mês atrás
Responder para  Haroldo Guimarães

O russo Saffiulin só tem esse ranking de top 40 por conta do piso rápido. Wild é favorito porque o piso é saibro. Seguda rodada sim, sempre complica em Masters 1000 porque você tem que pegar um dos 32 cabeças de chave: Musetti é pedreira, a safra italiana vem voando. E se passar do Musetti é Alcaraz, um sorteio bem infeliz pro Wild. No casodo Fonseca, mesmo nível de problema: 1a rodada dá pra ganhar pq é contra um americano q gosta de piso hard. Na segunda rodada Fonseca já pega o Cameron Norrie, finalista do 500 do Rio de Janeiro,e se passar pega o Casper Ruud. Masters 1000 é um torneio feito pra top 30 se dar bem, se você furar essa bolha é pq vc é muito forte, normalmente o sujeito não chega nas Oitavas de final a não ser que tenha nível de jogo de top 30.

Luiz Henrique Sossai
Luiz Henrique Sossai
1 mês atrás
Responder para  Bukele

Madri tem piso rápido, então a vantagem do saibrista é menor. Não é por menos que esse é o torneio no saibro que Nadal tem o pior desempenho. Zverev já ganhou Madri sem ter o saque quebrado, imagina isso no saibro?

Guilherme Alcantara
Guilherme Alcantara
1 mês atrás

Sorteios difíceis, porém, poderia ser pior. Acredito que não são favoritos mas tem grandes chances de passar a estreia. Sem dúvidas farei minha apostinha nos dois pq realmente acredito. Aí depois pensamos em uma segunda rodada kk um passo de cada vez.

Fernando S P
Fernando S P
1 mês atrás
Responder para  Guilherme Alcantara

Nas casas de apostas, o Fonseca é o favorito.

Última edição 1 mês atrás by Fernando S P
Paulo A.
Paulo A.
1 mês atrás

João está no lucro total: é se divertir e aprender com a chance que lhe deram. Boa sorte aos dois.

Leonel
Leonel
1 mês atrás

Jogos duros porém Wild e Fonseca já mostraram que podem ganhar de QQ um no circuito. Primeiro pq jogam sem pressão/sem favoritismo e depois o mais importante eles têm jogo pra encarar os top bastando ter consistência. Sem manter um padrão nível.alto , o adversário sente a bucha porque os nossos são atrevidos(jogam pra cima/tem agressividade ).

Andre Borges
Andre Borges
1 mês atrás
Responder para  Leonel

Qq um no circuito?!?!?!?!??

Leonel
Leonel
1 mês atrás
Responder para  Andre Borges

Se vc analisar o qto estão instáveis os top 10 vc concordaria. Wild ganhou de Medvedev sendo que os dois jogaram um.bolao.ok? Fonseca ganhou do Fils e do Sonego(excelente saibrista). O que quero dizer é que os nossos tem nível pra ganhar, agora se vão jogar bem é outra coisa. Já mostraram poder de fogo. Se formos falar de favoritismo aí são os adversários sem dúvida.

Celio
Celio
1 mês atrás
Responder para  Leonel

Fica complicado analisar por uma vitoria. Isso acontece com a maioria dos tenistas, pois estao sempre se enfrentando. Acho que o Wild tem mais chances que o Fonseca, so achismo.

El Asan
El Asan
1 mês atrás
Responder para  Leonel

João Fonseca vai: perder…perder…perder…perder…ganhar…perder até maturar! Não projete sua frustração N’Ele.

Pasquale
Pasquale
1 mês atrás
Responder para  El Asan

Você têm problemas com a escrita.

El Asan
El Asan
1 mês atrás
Responder para  Andre Borges

Em todo lugar tem a turma do mi-mi-mi…ele escreveu “pode ganhar de qualquer um”, sim, pode! Não foi: pode ganhar TODOS OS DIAS de qualquer um…oxi!!

Leandro Schulai
Leandro Schulai
1 mês atrás

Pro João não tem outra receita: é jogar, jogar, jogar, jogar e jogar. Só assim ele vai pegar ritmo, físico e maturidade de jogo então esse convite é perfeito.

Qualquer jogo de Master 1000 será difícil, não á toa reúne só a elite do circuito. Monteiro levou anos pra jogar um, ganhar então. Só o Guga e olhe lá. Bellucci quando chegou na semi foi endeusado aqui, com justiça.

Então deixa o garoto jogar, pegar experiência, e principalmente pra mim, físico. Esse moleque tem que jogar todo santo dia até estar com os braços e pernas torando kkkkkkkkkkkkk.

Bukele
Bukele
1 mês atrás
Responder para  Leandro Schulai

Masters 1000 é o torneio mais difícil do mundo em termos de nível de jogadores, porque em Grand Slam entra lá o n.108 do mundo direto na chave mais um monte de qualy jogador de Challenger, em MS só os top 80 entram direto, nesse torneio aí fechou no n.84 do mundo. Outro grande problema é que na 2a rodada você já pega obrigatoriamente um top 30 n sua frente, e na 3a rodada provavelmente pegará outro, ou seja, a chance de vc ser kikado pra fora é enorme.

André Aguiar
André Aguiar
1 mês atrás
Responder para  Bukele

Os Masters 1000 com chave de 56, disputados em uma semana, o ranking de corte é ainda mais em cima, por volta do n.50 para a chave principal e n.90 para o quali.

Leonel
Leonel
1 mês atrás
Responder para  Leandro Schulai

“torando” .ótima essa colocacāo. Se o pancadão dele melhorar os adversários vão chorar.kkk

Refaelov
Refaelov
1 mês atrás

Bons sorteios de estreias para os BRs, no saibro, considero os 2 favoritos contra o americano e o russo..

João Sawao ando
João Sawao ando
1 mês atrás

Da para o Fonseca e o wild ganhar

Arthur
Arthur
1 mês atrás

Iiih, cumpricô

Belarmino Jr
Belarmino Jr
1 mês atrás

O norte americano é um ótimo sacador, na quadra rápida de Madri…. Mas com certeza boas possibilidades de vitória do João.

Felipe Rossa
Felipe Rossa
1 mês atrás

Preferiria que João pegasse um casca grossa já na primeira rodada!
Contra o Americano ele não tão azaram assim e pode sentir a pressão, se passar tem totais condições de passar por Norrie, já Gasper Rued o buraco é bem fundo.

Fernando Venezian
Fernando Venezian
1 mês atrás

Vejo a segunda rodada como um copo meio cheio! O peso de enfrentar um favorito deve ser bem mais leve. Além da chance de fazer história no caso de um triunfo

Astério Silva
Astério Silva
1 mês atrás

Caminhos muito bons para os dois. Primeira rodada acessível, segunda dura, terceira para consagrar.

Daniel Macedo
Daniel Macedo
1 mês atrás

Boa sorte Fonseca!
Azar, Wild!

Fernando S P
Fernando S P
1 mês atrás
Responder para  Daniel Macedo

O lado negativo do novo sistema é que não permite bloquear pessoas com energia baixa.

Vanessa
Vanessa
1 mês atrás
Responder para  Fernando S P

Concordo plenamente

Paulo Mala
Paulo Mala
1 mês atrás

Eu queria que fosse o Nadal pada o João.
Hoje o espanhol não tem jogo para ganhar e seria um holofote muito grande pro Fonseca vencer o velho rei do saibro

NFdS
NFdS
1 mês atrás
Responder para  Paulo Mala

E o Nadal pegou um moleque de 16, WC também, mil e poucos do ranking….kkkk

Vanessa
Vanessa
1 mês atrás
Responder para  NFdS

E corre o risco de sofrer uma zebra, ainda. Vamos ver se o garoto vai ‘respeitar’ o Nadal em quadra. Na minha opinião tem que vir com tudo.

André Aguiar
André Aguiar
1 mês atrás

Michelsen tem retrospecto curto e medíocre no saibro (5v-7d). Safiullin é melhor. Embora o russo não tenha iniciado bem a temporada de saibro (2v-3d), foi razoavelmente bem no ano passado em Madrid e Roma, alcançando a R3 em ambos, ganhando, entre outros, do Jarry, Korda e Paul. Não jogou RG.
Meu palpite: chance de 65% para o João e 50% para o Thiago.

Última edição 1 mês atrás by André Aguiar
Marco Antônio Varella
Marco Antônio Varella
1 mês atrás

Do mesmo modo que estão achando bom o sorteio para os brasileiros, os adversários também devem ter gostado, então são confrontos abertos.

Celio
Celio
1 mês atrás
Responder para  Marco Antônio Varella

Mania de brasileiro botar favoritismo onde nao existe.

CARLOS LIMA
CARLOS LIMA
1 mês atrás

Wild e Musseti que da hora rever a final de juniors, torcendo pra isso

Luiz Fernandes
Luiz Fernandes
1 mês atrás

Em se tratando de master 1000, melhor que isso só dois disso. Wild tem mais pressão, pelo ranking e pelo idade apesar de ser muito jovem ainda apenas comparando com Fonseca que joga mais tranquilo.

Juscelino Pinho
Juscelino Pinho
1 mês atrás

Passando pelo um deles da primeira rodada, já é lucro.
Mas, vamos acreditar…. os dois podem ir mais longe.

Mitzi
Mitzi
1 mês atrás

Oi ! Alguem poderia me explicar a expressao ” solto na chave” ? Eu nao entendi.

NFdS
NFdS
1 mês atrás
Responder para  Mitzi

Boa pergunta!
Acredito que querem dizer que ele não tem obrigação de ganhar de ninguém, visto ser ainda um juvenil, ter sido convidado etc
Mas pode ser outra coisa…kkk

Matheus Dalcim
Editor
1 mês atrás
Responder para  Mitzi

É uma expressão que se refere a um jogador que não é cabeça de chave e portanto pode ser sorteado em qualquer lugar da chave. Os tenistas que possuem melhor classificação são distribuídos em lugares pré-determinados da chave, de modo que só possam se enfrentar em fases mais avançadas das competições. Já o restante pode encarar qualquer tenista logo na estreia, a depender do sorteio, por isso falamos em ficar “solto na chave”.

Leonel
Leonel
1 mês atrás
Responder para  Mitzi

O Matheus Dalcim explicou bem. Eu só acrescentaria que ele não é um jogador comum solto na chave. É um torpedo solto nas chaves. Azar de quem estiver no caminho desse “solto na chave”. Kkkk

Guilherme Ribeiro
Guilherme Ribeiro
1 mês atrás

Master 1000 não tem jogo fácil. Acho Safiullin favorito contra o Wild. Fonseca e MIchelsen é equilibrado. FAse do brasileiro é muito boa e americano é quase um alienígena no saibro.

Marcos Roberto Veiga Cabral
Marcos Roberto Veiga Cabral
1 mês atrás

Não havendo imprevisto, acredito que o Fonseca alcance terceira ou quarta rodada no mínimo

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wild enfrenta inspirado Monfils e a torcida francesa em Paris

A homenagem de Roland Garros ao adeus de Alizé Cornet

PUBLICIDADE