PLACAR

Fonseca destaca pensamento positivo e luta até o fim

Foto: Tiriac Open

Bucareste (Romênia) – Pela segunda vez em sua curta carreira, o carioca João Fonseca, de 17 anos, vai disputar as quartas de final de um ATP. Após parar nesta fase no Rio deste ano, ele repetiu o feito com vitória sobre Radu Albot, de 34 anos, em sets diretos.

“Hoje foi uma grande luta. Eu sabia que a quadra ficaria pesada por causa da chuva. Ontem jogamos apenas um game (por causa da chuva) e ele começou me quebrando. E eu sabia que ele era um cara experiente. Ele tem o dobro da minha idade, então precisei lutar até o fim e estou muito feliz com essa vitória”, analisou Fonseca, que enfrentará o chileno Alejandro Tabilo por semifinal inédita em nível ATP.

Questionado sobre como é enfrentar um adversário com o dobro de sua idade, o jovem carioca ponderou. “Tira um pouco do nervosismo por ele ser mais velho, mas também dá um pouco mais de ansiedade de querer ganhar e não desperdiçar as oportunidades”.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Fonseca acredita que se manter positivo apesar de todas as coisas que tem acontecido, como a chuva que interrompeu o jogo no dia anterior e o vento que atrapalhou nesta quinta-feira, foi fundamental para o resultado positivo. “Não parei para reclamar, permaneci positivo e fiz as coisas certas, é assim que os resultados aparecem”, observou o jovem brasileiro.

“Estou muito feliz, tudo isso é o fruto do trabalho com meus treinadores, estou jogando um altíssimo nível de tênis com uma boa postura e ganhando de caras com o dobro da minha idade. Hoje foi diferente, com muita chuva, muito vento e contra um jogador experiente. Comecei com um break abaixo, estava nervoso, mas me senti bem”, disse Fonseca.

Fonseca é o tenista juvenil de melhor ranking na ATP

7 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulo Vinícius da Silva Reis
Paulo Vinícius da Silva Reis
1 mês atrás

Demais! Parabéns Fonseca. Que siga crescendo.

Marcos Ribeiro
Marcos Ribeiro
1 mês atrás

“Não parei para reclamar, permaneci positivo e fiz as coisas certas, é assim que os resultados aparecem.”

Com certeza. Não reclamar da vida é o be-a-bá.

Devanor
Devanor
1 mês atrás

Grande garoto rumo RG

Daniel Neto
Daniel Neto
1 mês atrás

“Tira um pouco do nervosismo por ele ser mais velho, mas também dá um pouco mais de ansiedade de querer ganhar e não desperdiçar as oportunidades”.

Essa é a triste realidade da vida. 34 anos é muito jovem, ainda, mas para um garoto de 17 anos, é uma oportunidade pra ganhar do velhinho, kkkk.

Leonardo
Leonardo
1 mês atrás
Responder para  Daniel Neto

Uma vez vi uma reportagem do Juninho Paulista quando ia se aposentar do futebol, depois de uma linda e vitoriosa carreira. Ele dizia que estava buscando o que fazer para se motivar, porque estava velho para o futebol, que ele amava, mas jovem para a vida. Fora do esporte o profissional de 34 anos não é um velhinho para um jovem de 17, poderia ser um mentor, um exemplo…

Fernando Venezian
Fernando Venezian
1 mês atrás

Que blindem esse menino! Ele tem uma cabeça ótima!!!

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
1 mês atrás

Parabéns Fonseca, muito bom esse garoto

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE