PLACAR

Fognini controla Monteiro e decide contra Wild

Foto: AON Open Challenger

Gênova (Itália) – Se na primeira semifinal do dia no challenger de Gênova deu Brasil contra a Itália, com o paranaense Thiago Wild contando com a desistência de Andrea Vavassori, no segundo jogo deste sábado Fabio Fognini deu o troco e fez a festa da torcida da casa,batendo o cearense Thiago Monteiro em sets diretos, com parciais de 6/2 e 6/4, em 1h23 de partida.

Ocupando atualmente apenas a 146ª colocação no ranking, Fognini vai aproveitando a boa semana para recuperar 15 posições e alcançar o 131º posto na próxima semana. Ele pode chegar até o 119º lugar se for campeão. Do outro lado, Monteiro deve ganhar duas posições e ir para o 116º posto, mas pode ser ultrapassado pelo tcheco Tomas Machac se este for campeão em Cassis.

Atual campeão do torneio, Monteiro só verá os pontos do título conquistado no ano passado serem descontados no ranking de 25 de setembro, precisando de boas campanhas em seus próximos compromissos para não cair ainda mais. Na próxima semana ele defenderá o Brasil na Copa Davis contra a Dinamarca.

Fognini largou com tudo na partida e perdeu apenas três pontos nos três primeiros games, conseguiu duas quebras para logo em seguida abrir 4/0 no placar. Depois disso, o ex-top 10 precisou apenas controlar o jogo para manter a vantagem até o final e fazer 1 a 0.

Na segunda parcial, novamente o italiano de 36 anos resolveu as coisas no início. Ele bateu o saque de Monteiro logo no primeiro game e fez 2/0 em seguida. Muito firme com o saque, vencendo 68% dos pontos disputados, contra 58% do canhoto cearense, Fognini novamente não enfrentou break-points e administrou a dianteira até o final, fechado o jogo no segundo match-point que teve.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE