PLACAR

Ferrer lamenta, mas entende a ausência de Alcaraz

Foto: Simon Bruty/USTA

Nova York (EUA) – Depois de ser eliminado nas semifinais do US Open, o espanhol Carlos Alcaraz acabou desistindo de competir na próxima semana na Copa Davis. Ele estava entre os convocados pelo capitão David Ferrer para jogar em Valência, entre os dias 12 e 17 de setembro, e acabou substituído pelo experiente Albert Ramos, que tentará ajudar a ‘Armada’ no grupo contra sérvios, tchecos e sul-coreanos.

Resignado com a decisão de Alcaraz, o capitão espanhol apenas lamentou a perda de seu melhor atleta no momento, mas disse entender a escolha. “Sabíamos que Carlos teve uma temporada muito exigente, com muita carga física e mental. Depois da semifinal pude conversar com seu treinador, Juan Carlos Ferrero, e ele me disse que estava muito cansado e que teve problemas físicos”, comentou Ferrer.

“É claro que perder um jogador como Carlos sempre nos afeta, mas temos que focar nos jogadores que estão lá, que são muito bons. Tenho muita confiança na equipe que temos, com jovens jogadores que vão estrear-se e que estão ansiosos por isso”, acrescentou o comandante espanhol, que terá também no time Alejandro Davidovich Fokina, Roberto Bautista, Marcel Granollers e Bernabe Zapata.

O próprio Alcaraz usou as redes sociais depois para se pronunciar sobre o assunto. “Estava muito entusiasmado por jogar a Davis em Valência, mas tenho que ouvir meu corpo depois de uma longa temporada. Preciso parar descansar física e mentalmente. O calendário é muito exigente, ainda falta muita temporada e agora tenho que recarregar as baterias.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE