PLACAR

Ferrer: “Forma como Djoko trata o corpo é diferente”

Foto: Corinne Dubreuil/ATP Tour

Nova York (EUA) – Novo capitão da seleção espanhola da Copa Davis, fazendo sua estreia nas finais da competição, o espanhol David Ferrer está acompanhando o US Open de perto. Em entrevista ao Tennis Majors, ele falou sobre o possível duelo entre Carlos Alcaraz e Jannik Sinner nas quartas de final e também destacou o sérvio Novak Djokovic e seu cuidado com o corpo.

“Sabia que Djokovic era um jogador especial, vi que ele era diferente dos outros no cuidado com o corpo e no pensamento progressista. Novak está sempre procurando maneiras de melhorar. Ele sabia que poderia se tornar um dos melhores da história do tênis. Sem dúvida, acho que Novak pode continuar assim por mais dois ou três anos”, comentou Ferrer, que tem 16 derrotas em 21 jogos contra Djokovic.

O espanhol comentou o que espera do possível duelo entre Alcaraz e Sinner nas quartas. “Acho que está bem equilibrado. Carlos já mostrou suas habilidades ao vencer dois títulos de Grand Slam, mas Sinner venceu em Toronto e acho que está pronto para conquistar seu primeiro Slam também. Junto com Djokovic, Alcaraz e Sinner se destacam em relação aos demais”, observou.

A rivalidade entre Alcaraz e Djokovic, que vem ganhando corpo após as finais de Wimbledon e Cincinnati, foi outro assunto abordado por Ferrer. “Assisti à final em Cincinnati, claro. Nas partidas entre eles as margens são sempre muito pequenas. Acho que é por isso que todos os verdadeiros fãs de tênis querem vê-los se enfrentando”, afirmou o capitão espanhol.

“Em Cincinnati, Djokovic recusou-se a ter um colapso mental. Em Wimbledon aconteceu o oposto. Novak teve chances e no final não conseguiu vencer. Desta vez, Carlos teve a sua chance quando Novak teve problemas físicos, mas soube se superar, como fazem os grandes campeões”, acrescentou Ferrer.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE