PLACAR

Fernandez avança e pega sequência de jovens promessas

Foto: Prudential Hong Kong Tennis Open

Hong Kong (China) – Apesar dos apenas 21 anos, a canadense Leylah Fernandez pegou uma sequência de duelos contra rivais ainda mais novas do que ela no WTA 250 de Hong Kong. Nesta quinta-feira, ela venceu a russa Mirra Andreeva, de apenas 16 anos, com parciais de 3/6, 6/1 e 6/3, garantiu lugar nas quartas de final e vai agora encarar a tcheca Linda Fruhvirtova.

Um pouco mais velha do que Andreeva, com seus 18 anos, Fruhvirtova avançou na competição ao derrotar a russa de 16 anos Alina Korneeva, vinda do qualificatório, em sets diretos, com o placar final de 6/3 e 7/5. A jovem tcheca medirá forças com a canhota Fernandez, vice-campeã do US Open em 2021, pela primeira vez na carreira.

Além da paulista Beatriz Haddad Maia, cabeça de chave 2, que foi derrotada pela russa Anastasia Pavlyuchenkova em três sets, outras favoritas também estiveram em ação nesta quinta-feira, duas delas conseguiram seguir adiante, a belga Elise Mertens e a italiana Martina Trevisan, mas a chinesa Xinyu Wang acabou se despedindo do torneio.

Quarta mais bem cotada, Wang perdeu para a espanhola Sara Sorribes em três sets, com o placar final de 6/4, 4/6 e 6/1, em batalha de 2h15. Nas quartas de final, Sorribes medirá forças com a russa Anna Blinkova, cabeça de chave 5, que havia garantido sua vaga um dia antes ao bater a australiana Priscilla Hon.

Mertens conseguiu fazer valer a condição de terceira favorita e bateu a quali russa Sofya Lansere em sets diretos, com parciais de 6/3 e 7/6 (7-5), enquanto Trevisan, sexta pré-classificada, precisou de três sets para derrotar a polonesa Magdalena Frech com o placar final de 6/3, 6/7 (4-7) e 6/3. A tcheca e a italiana vão agora se encarar por um lugar na semi.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE