PLACAR

Favoritos caem em Eastbourne, Harris faz outra boa campanha

Billy Harris (Foto: LTA)

Eastbourne (Inglaterra) – A rodada de quarta-feira no ATP 250 de Eastbourne determinou a queda de mais dois favoritos e com isso resta apenas um cabeça de chave na competição, o bicampeão e principal inscrito Taylor Fritz, que ainda fará sua estreia diante do paranaense Thiago Wild. De resto, todos os outros oitos melhores classificados já foram eliminados.

Cabeça 3 do torneio, o cazaque Alexander Bublik foi surpreendido pelo lucky-loser australiano Aleksandar Vukic, que marcou um duplo 6/4 em apenas 65 minutos de partida. Vukic agora reencontrará seu algoz na última rodada do qualificatório, o japonês Yoshihito Nishioka, que virou para cima do norte-americano Marcos Giron, com placar final de 6/7 (8-10), 6/4 e 6/2.

Ainda na parte de cima da chave, o jovem chinês Jucheng Shang também se garantiu nas quartas de final com uma vitória de virada, batendo o finlandês Emil Ruusuvuori por 4/6, 6/3 e 6/4. Shang agora aguarda por Taylor Fritz ou Thiago Wild.

No quandrante de baixo, outro favorito que deu adeus ainda na estreia foi o argentino Sebastian Baez, que enfrentou o sérvio Miomir Kecmanovic e acabou caindo por 6/3 e 6/2. Na sequência da competição, Kecmanovic enfrentará o qualifier australiano Max Purcell, que eliminou o italiano Lorenzo Sonego, finalista do torneio em 2021, com um duplo 6/4.

Harris faz quartas pelo segundo torneio seguido

Depois de fazer quartas de final no ATP 500 de Quee’n há uma semana, o britânico Billy Harris mais uma vez está classificado entre os oito melhores de um torneio na grama, agora em Eastbourne. Disputando apenas sua terceira chave principal de ATP, aos 29 anos de idade, ele venceu um duelo doméstico contra o lukcy-loser Charles Broom, aplicando uma virada por 3/6, 6/2 e 6/2.

Agora com cinco vitórias e duas derrotas no currículo em eventos da elite do circuito, Harris medirá forças com o italiano Flavio Cobolli, que precisou de 1h51 para também virar o jogo diante de outro lucky-loser da casa, o top 400 Gilles Hussey, com parciais de 4/6, 6/3 e 6/4.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE