PLACAR

Envolvido com apostas, francês é suspenso por dez anos

Londres (Reino Unido) – A Agência Internacional para a Integridade do Tênis (ITIA) divulgou nesta sexta-feira que o tenista francês Leny Mitjana foi suspenso do esporte por um período de dez anos e multado em US$ 20 mil por 11 violações do Programa Anticorrupção do Tênis (TACP).

A sanção está ligada a um processo criminal recentemente concluído envolvendo um esquema de manipulação de resultados na Bélgica. A colaboração entre a ITIA e as autoridades belgas resultou numa pena de cinco anos de prisão ao líder do grupo, Grigor Sargsyan.

Leny Mitjana tem 29 anos e seu melhor ranking de simples foi a 458ª posição, alcançada em 2018. Sem jogar há quase um ano, ele não possui classificação na ATP atualmente. O francês negou todas as acusações relacionadas à manipulação de jogos nas temporadas 2017 e 2018.

Uma audiência foi realizada perante o oficial de audiência anticorrupção independente, Phillipe Cavalieros, em 8 de novembro de 2023, que considerou Mitjana responsável por violações de quatro seções do TACP, que incluem a facilitação de apostas, planejar o resultado das partidas, aliciar outros jogadores e deixar de denunciar abordagens corruptas.

A suspensão vigorará a partir da data da decisão, em 22 de dezembro de 2023. Durante o período de inelegibilidade, o atleta está proibido de jogar, treinar ou participar de qualquer evento de tênis autorizado ou sancionado pelos membros da ITIA (ATP, ITF, WTA, Tennis Australia, Federação Francesa, Wimbledon e USTA) ou qualquer associação nacional.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
André Borges
André Borges
6 meses atrás

Lá se vai mais um sardinha…..

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE