PLACAR

Em final aberta, Alcaraz e Zverev duelam por título inédito

Paris (França) – Pela primeira vez na carreira, tanto o espanhol Carlos Alcaraz como o alemão Alexander Zverev terão a chance de levantar pela primeira vez a taça de Roland Garros. Os dois já haviam batido na trave em anos anteriores, mas falharam em alcançar a final. Em 2024, eles conseguiram superar a barreira da semi e se enfrentam neste domingo às 9h30 (horário de Brasília) de olho em um título inédito.

Jogador mais consistente no torneio nos últimos quatro anos, indo para as semifinais em todos, Zverev mostrou grande tênis dois anos atrás contra o espanhol Rafael Nadal, mas uma grave torção no tornozelo o tirou de combate no tiebreak do segundo set, quando perdia com o placar de 7/6 (10-8) e 6/6. Ele só voltou a competir em 2023, quando voltou a Paris de forma triunfante e novamente chegou à penúltima rodada.

Curiosamente, nesta temporada o alemão abriu campanha no torneio batendo Nadal e agora busca seu primeiro título de Grand Slam. Zverev esteve muito próximo do feito em 2020, mas acabou sofrendo uma dura derrota diante do austríaco Dominic Thiem. “Desde a final do US Open, onde estava a dois pontos de distância do título, até ser jogado em uma cadeira de rodas aqui há dois anos, foi uma jornada”, comentou.

Do outro lado, Alcaraz também teve uma experiência difícil em uma semifinal de Roland Garros, vinha fazendo um grande jogo contra o sérvio Novak Djokovic no ano passado, quando os nervos entraram em ação e ele teve cãibras. Depois disso, o espanhol foi dominado e venceu apenas dois games nos dois últimos sets da partida. “Estou mais forte mentalmente, sei como lidar com essas situações”, comentou o número 3 do mundo.

Alcaraz entra em quadra com a vantagem de já ter dois títulos de Slam no currículo (US Open 2022 e Wimbledon 2023), ao passo que Zverev tem a seu lado o retrospecto positivo no duelo, com apertada vantagem de 5 a 4. No saibro, o espanhol é que leva a melhor e vence por 2 a 1, já o alemão tem histórico favorável nos encontros em Grand Slam, com dois triunfos e uma derrota.

Em termos de ranking, a final em Paris vale mais para o espanhol de 21 anos do que para o alemão de 27, já que o título no domingo levará Alcaraz de volta para o número 2, derrubando o sérvio Novak Djokovic para o terceiro lugar. Zverev seguirá na quarta colocação independente do resultado final, porém ficará muito mas perto dos três primeiros se for campeão.

Veja o histórico completo entre Alcaraz e Zverev:
2024 Masters 1000 de Indian Wells – Quartas de final – Sintético – Carlos Alcaraz, 6/3 6/1
2024 Australian Open – Quartas de final – Sintético –  Alexander Zverev, 6/1 6/3 6/7(2) 6/4
2023 ATP Finals – Fase de grupos – Sintético coberto – Alexander Zverev, 6/7(3) 6/3 6/4
2023 US Open – Quartas de final – Sintético – Carlos Alcaraz, 6/3 6/2 6/4
2023 Masters 1000 de Madri – Oitavas de final – Saibro – Carlos Alcaraz, 6/1 6/2
2022 Roland Garros Quartas de final – Saibro – Alexander Zverev, 6/4 6/4 4/6 7/6(7)
2022 Masters 1000 de Madri – Final – Saibro Carlos Alcaraz, 6/3 6/1
2021 ATP 500 de Viena – Semifinal – Sintético coberto – Alexander Zverev, 6/3 6/3
2021 ATP 500 de Acapulco – Primeira rodada – Sintético – Alexander Zverev, 6/3 6/1
Subscribe
Notificar
guest
8 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Fernando Venezian
Fernando Venezian
4 dias atrás

Espero que seja uma grande partida, pois se trata de um duelo de estilos! Carlos tem um leve favoritismo, pois é um tenista mais versátil! Sascha precisará de uma alta porcentagem de primeiro serviço, pra não deixar o espanhol comandar as trocas

Helder Cordeiro
Helder Cordeiro
4 dias atrás
Responder para  Fernando Venezian

Concordo. O espanhol tem uma vantagem leve, eu diria 80-20 rsrs

Flávio
Flávio
4 dias atrás
Responder para  Fernando Venezian

Também acho, espero que seja um grande jogo como foi o RG dos caras, pois a final feminina hoje foi péssima talvez uma das piores de todos os tempos com pouco mais de 1 h de jogo .

Sérgio Ribeiro
Sérgio Ribeiro
3 dias atrás
Responder para  Flávio

E um Show de IGA SWiATEK para uma quadra central lotada . Apenas Serena em 2013 , conseguiu Madri , Roma e Roland Garros em sequência. Abs!

Luis Ricardo
Luis Ricardo
3 dias atrás
Responder para  Sérgio Ribeiro

concordo com vc …foi um SHOWZAÇO DA IGA…..

Sergio
Sergio
4 dias atrás

Acho que será sim um grande jogo. Porém, penso que há um leve favoritismo para o Alcaraz.

Sérgio Ribeiro
Sérgio Ribeiro
3 dias atrás
Responder para  Sergio

Exato, meu caro . Sasha se sacar barbaridade e estiver calibrado com o Forehand ( o Back está demais) , pode bater Tourinho Assassino. Parada muito dura pois Carlos Alcaraz não se entrega nunca . Abs !

Fabio
Fabio
3 dias atrás

Alacarraz tem ligeiro favoritismo. Se os dois estiverem num dia bom, leva Alcaraz

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE