PLACAR

Em Eastbourne, Fritz se torna o primeiro tricampeão da história

Foto: LTA

Eastbourne (Inglaterra) – O norte-americano Taylor Fritz se tornou o primeiro tricampeão da história do ATP 250 de Eastbourne ao vencer na final deste sábado o australiano Max Purcell com parciais de 6/4 e 6/3. O tenista de 26 anos não perdeu um set sequer rumo ao oitavo título da carreira e o segundo na temporada, se juntando à conquista em Delray Beach.

Fritz precisou de 1h10 para selar a vitória no quarto match-point que teve na partida, garantindo assim seu segundo triunfo em dois jogos contra Purcell, que estava competindo em sua primeira final. O tenista da Califórnia terminou a competição impecável com o saque, não sofreu uma quebra sequer e salvou todos os cinco break-points que enfrentou no evento.

“Estou animado, sinto que sempre jogo bem aqui”, disse Fritz, que venceu em Eastbourne em 2019 e 2022. “Tive essa sensação também no início da semana. Fiz um ótimo trabalho”, comemorou o norte-americano, que levará para casa uma premiação de 112.555 euros. O vice-campeão Purcell receberá 65.660 por sua campanha.

Com a conquista, Fritz ganhará uma colocação no ranking e será o número 12 do mundo na próxima segunda-feira. Ao ultrapassar o compatriota Tommy Paul, que vai cair para o 13º lugar, ele retoma o posto de número 1 dos Estados Unidos em uma disputa acirrada, que tem também Ben Shelton logo atrás, na 14ª colocação.

O primeiro set foi dominado pelos sacadores até o final, com a primeira chance de quebra aparecendo apenas no 10º game, no qual Purcell acabou vacilando e perdendo o serviço. Com 81% de aproveitamento nos games de saque, Fritz não enfrentou break-points contra, deixou escapar três no segundo game da segunda parcial e converteu um no sexto, que foi o suficiente para levá-lo à vitória.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE