PLACAR

Dupla americana elimina Stefani e Salisbury nas mistas

Nova York (EUA) – A participação de Luísa Stefani na chave de duplas mistas do US Open durou apenas uma rodada. Stefani e o britânico Joe Salisbury, campeão em 2021, eram os cabeças 4 do torneio, mas foram superados pela parceria norte-americana de Taylor Townsend e Ben Shelton por 6/4 e 7/6 (7-5). Com isso, o Brasil já não tem mais representantes na chave, já que Marcelo Melo também caiu na estreia, ao lado da tcheca Katerina Siniakova.

Stefani e agora concentra esforços na chave de duplas femininas, ao lado da norte-americana Jennifer Brady. Elas estão na segunda rodada e enfrentam as russas Veronika Kudermetova e Liudmila Samsonova. Paulista de 26 anos e 14ª no ranking entre as especialistas em duplas, ela não tem pontos a defender em Nova York e tem chances de voltar ao top 10. Já Townsend e Shelton enfrentam na próxima fase a indonésia Aldila Sutjiadi e o indiano Rohan Bopanna.

Atuação decisiva de Taylor Townsend nos dois sets
A dupla norte-americana teve excelente desempenho nos games de saque durante o primeiro set. Townsend e Shelton não enfrentaram break-points e cederam apenas seis pontos nos games de serviço. A única quebra da parcial foi ainda no início do jogo, no saque Salisbury, com grande atuação de Townsend. Ela encaixou duas ótimas devoluções, venceu uma disputa na rede e ainda aplicou um excelente lob no break-point.

Stefani e Salisbury começaram o segundo set com uma quebra acima e chegaram a liderar por 4/1, mas permitiram o empate no oitavo game, quando a parceria norte-americana venceu 12 pontos em 14 possíveis para empatar o jogo.

A definição ficou para o tiebreak, em que o britânico fez uma dupla falta e logo depois Shelton disparou dois ótimos saques, para largar com 3-0. Stefani e seu parceiro buscaram o empate e até fizeram 5-4, mas Shelton voltou a sacar bem. No match-point, Townsend encaixou outra excelente devolução, desta vez no saque da brasileira, para chegar à vitória.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE