PLACAR

Djokovic pega chave bastante convidativa no US Open

Foto: Brad Penner/USTA

Nova York (EUA) – Não bastasse ser um dos principais favoritos ao título do US Open, o sérvio Novak Djokovic pegou ainda uma chave bastante convidativa, a começar pela estreia contra o francês Alexandre Muller, de 26 anos e atual 85 do mundo, que tem apenas duas vitórias em Grand Slam e disputa a chave principal do torneio pela primeira vez.

Antes das quartas, os rivais mais perigosos para ‘Nole’, olhando o ranking, são o canadense Felix Auger-Aliassime, que vem em péssima fase, e o argentino Francisco Cerundolo, que costuma se dar melhor no saibro do que na dura. Somente na quinta partida é que o sérvio deverá encarar um adversário de maior calibre.

O mais cotado para desafiar Djokovic nas quartas é Stefanos Tsitsipas, que não deu sorte e terá que superar um grande obstáculo logo na estreia contra o canadense Milos Raonic. O grego ainda tem pelo caminho dois tenistas da casa que podem dar bastante trabalho, Taylor Fritz e Cristopher Eubanks, além do italiano Lorenzo Musetti.

Do mesmo lado da chave, podendo cruzar com o sérvio nas semifinais, também caiu o dinamarquês Holger Rune, que entra em um Grand Slam pela primeira vez como cabeça de chave 4 e estreia na competição diante do espanhol Roberto Carballes, podendo enfrentar o russo Aslan Karatsev ou o tcheco Jiri Lehecka na segunda fase.

Rune tem ainda pela frente Alexander Bublik ou Dominik Thiem, na terceira rodada, Tommy Paul ou Alejandro Davidovich Fokina, nas oitavas, e nomes como Casper Ruud, Sebastian Korda, Frances Tiafoe e até o veterano Richard Gasquer correndo por fora, em uma eventual partida de quartas.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE