PLACAR

Djoko destaca nova geração e cita motivação de Sinner

Foto: Corinne Dubreuil/ATP Tour

Turim (Itália) – Com duas vitórias e uma derrota na fase de grupos do ATP Finals e depois de nove sets disputados na semana, Novak Djokovic ainda não está classificado para a semifinal do torneio entre os oito melhores da temporada. O sérvio precisa torcer por uma vitória do italiano Jannik Sinner contra o dinamarquês Holger Rune no último jogo da rodada desta quinta-feira para seguir na competição.

“Não sei no que Jannik está pensando. Obviamente, é um alívio para ele, saber que já se classificou antes mesmo de entrar em quadra. Conhecendo-o, sei que vai tentar vencer todas as partidas que disputar. Ele está jogando muito bem. Rune, por outro lado, também está jogando um ótimo tênis”, disse Djokovic após vencer o polonês Hubert Hurkacz por 7/6 (7-1), 4/6 e 6/1. Se o sérvio tivesse vencido em dois sets, teria mais cenários favoráveis para avançar.

Djokovic acredita que Sinner e Rune entrarão em quadra motivados, ainda mais por ser uma rivalidade entre jogadores da mesma geração. O italiano tem 22 anos e o dinamarquês tem 20. Rune venceu os dois duelos anteriores entre eles. “Será um confronto interessante porque são mais ou menos da mesma geração. Acho que esse é o tipo de rivalidade que veremos no futuro. Tenho certeza de que eles não querem perder um contra o outro em qualquer evento, especialmente aqui”, ponderou o veterano de 36 anos.

“A geração de [Carlos] Alcaraz, Rune e Sinner é muito forte. Provavelmente serão os três jogadores que carregarão este esporte no futuro, mas também no presente, porque eles estão em excelente forma. Claro, espera-se que os jovens jogadores tenham fome, estejam motivados e procurem constantemente maneiras de melhorar para que possam vencer os principais jogadores do mundo e conquistar os principais títulos”.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE