PLACAR

Cornet boicota torneios na China após o caso Peng

Foto: FFT

Paris (França) – A polêmica com a volta dos torneios da WTA à China, após o caso envolvendo Shuai Peng, que levou o circuito feminino a deixar de competir no país asiático por um tempo, voltando apenas na atual temporada, ganhou um novo capítulo nesta quinta-feira com uma declaração da francesa Alizé Cornet, se posicionando contra os eventos chineses.

Ocupando atualmente apenas a 99ª colocação no ranking, a ex-número 11 do mundo afirmou que irá boicotar os torneios chineses neste ano e só voltará a competir depois.”Mantendo-me firme nas minhas convicções e cautelosa em relação à minha saúde, decidi que não jogarei na China este ano. A minha temporada será, portanto, retomada em outubro”, falou Cornet.

Experiente tenista de 33 anos, Cornet não vem em uma temporada de desatque, somando mais derrotas (21) do que vitórias. Recentemente ela obteve uma boa campanha no WTA 125 de Bari, chegando pela primeira vez em 2023 em uma semifinal, superada pela eslovena Tamara Zidansek. Além disso, ela também fez semi na grama de Nottingham.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE