PLACAR

Com 23 aces, Opelka vence após longo afastamento

Reilly Opelka (Foto: Andrew Eichenholz/ATP Tour)

Charlottesville (EUA) – O norte-americano Reilly Opelka enfim conseguiu voltar a competir. Nesta semana, ele encerrou um afastamento de 15 meses, forçado por lesões no quadril e no punho, e venceu sua primeira partida no challenger de Charlottesville derrotando o compatriota Tennys Sandgren na terça-feira com o placar de 6/4 e 7/5.

Marca registrada do grandalhão de 2,11 metros, o saque foi fundamental na vitória sobre o cabeça de chave 8, anotando 23 aces e vencendo 67% dos pontos disputados. Opelka foi quebrado apenas uma vez, mas conseguiu três quebras a seu favor para superar Sandgren e seguir adiante na competição.

Convidado da organização, Opelka terá pela frente mais um compatriota, desta vez o atual 376 do mundo Aidan Mayo, que furou o quali e superou o também norte-americano Alafia Ayeni, outro saído da fase classificatória, com parciais de 7/5 e 6/2. Será a primeira vez que os dois vão duelar pelo circuito profissional.

Opelka não atuava desde a derrota para o australiano Nick Kyrgios em Washington de 2022. Ele já foi número 17 do mundo, mas atualmente está sem ranking e por isso depende de convites ou do ranking protegido para entrar nos torneios. Neste primeiro, o norte-americano entrou como convidado. O norte-americano tem quatro títulos de ATP, todos em casa, três no duro e um no saibro.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE