PLACAR

Clijsters culpa Mouratoglou pelo doping de Halep

Foto: Reprodução/Instagram

Nova York (EUA) – O polêmico caso de doping de Simona Halep continua repercutindo no circuito. Agora foi a vez da ex-número 1 do mundo Kim Clijsters atacar duramente o francês Patrick Mouratoglou. Para a belga, o ex-treinador de Halep é o principal culpado pela situação em que se encontra a romena.

“Para mim, o maior alerta é sobre o seu time. Não acredito que não haja consequências para o time, que só haja consequências para o atleta”, disse Clijsters em conversa com Andy Roddick no podcast do norte-americano.

A belga pede punições mais duras para os membros da academia de Mouratoglou envolvidos no tratamento e administração do suplemento de colágeno que causou o positivo. Ela acusou o francês por ser o principal culpado da sanção romena, chegando ao ponto de usar o termo “manipulação” .

“Foi a equipe dele que propôs tomar aquele suplemento, que ela tomasse sem dúvidas. Presume-se que você confia na sua equipe, que confia nas pessoas ao seu redor, que estão fazendo a coisa certa e isso acaba acontecendo com ela”, comentou a dona de quatro títulos de Grand Slam

“Para mim, é um caso de manipulação. Principalmente no caso de uma mulher, em que os treinadores assumem a responsabilidade, por isso é manipulação, não consigo encontrar outra palavra para definir o fato de que eles assumem o controle de tudo o que acontece ao redor de um atleta”, acrescentou Kim.

7 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
João Sawao ando
João Sawao ando
1 mês atrás

Muito sério esse problema. A cliysters está certa

Ronildo
Ronildo
1 mês atrás

Houve outra atleta que passou pela academia dele que mencionou situações comprometedoras com suplementos. A Halep não merecia passar por uma situação destas. Uma das tenistas mais batalhadoras que já vi em quadra. Muito triste tudo isso. Dá a impressão que os dirigentes querem salvar as aparências jogando toda a culpa na Halep.

Evandro
Evandro
1 mês atrás

Quando se fala em equidade de gênero, é a mulher ter autonomia e decidir, ela mesma, o que acontece com ela.
Se tudo ficar assim, e Halep ser a única considerada culpada, será inevitável elevar a situação a um status emblemático, como a maior exemplo do como homens puderam, livremente, atrapalhar a carreira de uma atleta mulher vencedora e com muito futuro ainda pela frente.
Que corrijam agora, ou o caso virará lenda (infelizmente, as coisas evoluem, às vezes, por consequência de uma grande injustiça).

Neto
Neto
1 mês atrás

Disse tudo!

James
1 mês atrás

Virará lenda :)

Marcos Ribeiro
Marcos Ribeiro
1 mês atrás

O próprio Mouratoglou já declarou que teve culpa no dopping da Halep, então me parece óbvio que também deve ser punido.

A Halep, por sua vez, tentou impedir a produção e uso de provas de que ela já vinha usando as substâncias proibidas a mais tempo, pressionando por um julgamento antes dos resultados destes testes em coletas mais antigas. Isto evidencia que ela estava sabendo muito bem o que vinha fazendo, e mereceu a punição que recebeu.

Já o fato da Halep ser mulher não aumenta nem diminui o quanto deve ser responsabilizada, uma coisa não tem nada a ver com a outra.

Vanessa
Vanessa
1 mês atrás
Responder para  Marcos Ribeiro

Exatamente. Ela não foi “obrigada” a usar nada, provavelmente, lhe foi sugerido e ofertado e, ela aceitou visando ter vantagem com isso. Ambos deveriam ser devidamente punidos para jogar luz sobre esse assunto e para que sirva de alerta para outros “espertinhos” soltos por aí.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE