PLACAR

Cirstea defende Halep e chama Serena de arrogante

Foto: Brad Penner/USTA

Bucareste (Romênia) – A romena Sorana Cirstea saiu em defesa da compatriota Simona Halep, que na semana passada foi punida com 4 anos de suspensão depois de ter testado positivo para Roxadustat no US Open de 2022. Acreditando na inocência da ex-número 1 do mundo, ela não apenas defendeu Halep como também disparou contra a norte-americana Serena Williams, que a criticou indiretamente.

“Eu conheço a Simona, acho que ela nunca se dopou conscientemente, estamos vivenciando a suspensão de um inocente. Ela sempre teve medo de tomar qualquer coisa, até aspirina, chegou a beirar a paranóia, mas esse é o pesadelo de qualquer atleta”, afirmou a quadrifinalista do último US Open, em entrevista ao Sport.ro.

Cirstea também falou sobre o comentário de Serena Williams, que deixou a entender, em uma mensagem no Twitter, que foi por causa do doping que perdeu para Halep a final de Wimbledon em 2019, e não poupou a norte-americana.

“Quanto à Serena, como jogadora ela é extraordinariamente boa, mas como pessoa sempre foi muito arrogante. Ela não aceitava quando alguém conseguia vencê-la ou tirar um título”, afirmou a romena de 33 anos e atual 25 do mundo, que enfrentou a caçula das irmãs Williams três vezes no circuito e perdeu as três.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE