PLACAR

Chinês elimina Ruud na 2ª rodada, Fritz vence fácil

Zhizhen Zhang (Foto: Pete Staples/USTA)

Nova York (EUA) – Finalista da edição passada do US Open, Casper Ruud não repetiu o mesmo desempenho neste ano e foi eliminado ainda na segunda rodada em Nova York. O número 5 do mundo perdeu nesta quarta-feira para o chinês Zhizhen Zhang, 67º do ranking, por 6/4, 5/7, 6/2, 0/6 e 6/2 em partida com 3h19 de duração.

Zhang, de 26 anos, marcou sua segunda vitória contra top 10 na temporada e na carreira. Ele já havia vencido Taylor Fritz no saibro de Madri. Ele também se torna o primeiro chinês a vencer um rival do top 5. Esta será sua segunda aparição na terceira rodada de um Grand Slam, repetindo o feito de Roland Garros, onde ele perdeu do próprio Ruud.

Para marcar a grande vitória sobre Ruud, Zhang disparou 18 aces e colocou pressão constante sobre os games de saque do norueguês, cirando 17 break-points para conseguir cinco quebras. O primeiro set teve apenas uma quebra para o chinês. No segundo, Ruud escapou dos quatro break-points que enfrentou e quebrou no último game da parcial. E mesmo tomando um ‘pneu’ no quarto set, Zhang não teve o serviço ameaçado nem no terceiro e nem no quinto set.

No caso de Ruud, a derrota terá um impacto direto no ranking. Como ele defendia 1.200 pontos e soma apenas 45, cairá pelo menos para a nona posição. Mas nomes como Alexander Zverev, Tommy Paul ou Alex de Minaur também podem ultrapassá-lo.

O adversário de Zhang na terceira rodada será o australiano Rinky Hijikata, jovem de 22 anos e 110º do ranking, que derrotou o húngaro Marton Fucsovics por 6/1, 6/2 e 6/1. Será o primeiro encontro entre eles em nível ATP, mas o chinês venceu um duelo de nível challenger este ano, em Phoenix.

Ainda nesta quarta-feira, o norte-americano Taylor Fritz venceu o peruano Juan Pablo Varillas com facilidade, parciais de 6/1, 6/2 e 6/2. Atual número 9 do mundo, Fritz encara o tcheco de 17 anos e vindo do quali Jakub Mensik, que venceu o francês vindo do quali Titouan Droguet por 3/6, 6/2, 7/6 (7-1) e 6/3.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE