PLACAR

Cerúndolo derruba Zverev e encara Fritz nas quartas

Francisco Cerúndolo (Foto: ATP Tour)

Madri (Espanha) – Bicampeão em 2018 e 2021, o alemão Alexander Zverev se despediu do Masters 1000 de Madri ainda nas oitavas de final. Nesta terça-feira, o atual número 5 do mundo acabou eliminado pelo argentino Francisco Cerúndolo, que precisou de 1h29 para triunfar em sets diretos, com as parciais de 6/3 e 6/4.

Com a vitória, Cerúndolo alcança as quartas de final de um Masters 1000 pela quarta vez na carreira, igualando as campanhas de Miami e Roma no ano passado. Ele também foi semifinalista em Miami no ano anterior. Em Madri, esta é apenas a segunda participação do jogador argentino, que parou na estreia em 2023.

Até por isso, ele vai somando pontos importantes e ganhando uma posição no ranking, saindo do atual 22º posto para o 21º, dois abaixo do seu recorde pessoal, obtido há dez meses. Caso consiga avançar mais uma rodada ele pode atingir a melhor marca da carreira, chegando até a 17ª posição.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Do outro lado, Zverev deixa escapar a chance de fazer quartas pela sexta vez em sete participações no saibro espanhol. Além dos dois títulos citados, ele também foi finalista em 2022 e não passou das oitavas no ano passado, caindo para Carlos Alcaraz em ambas oportunidades. Curiosamente, o jovem espanhol foi campeão nas duas edições.

Ao repetir a campanha do ano passado, Sascha está somando apenas dez pontos devido às mudanças feitas pela ATP na pontuação do circuito nesta temporada. Com isso, ele ficará estacionado no quinto lugar, mais de 1.700 pontos atrás do quarto colocado, o russo Daniil Medvedev, mas com uma margem confortável de 900 pontos para Casper Ruud, o sexto na lista.

Fritz elimina Hurkacz e será o adversário de Cerúndolo

Pela primeira vez na carreira, o norte-americano Taylor Fritz está nas quartas de final do Masters 1000 de Madri. Com uma grande atuação no saque, vencendo 88% dos pontos com o primeiro serviço e sem ceder um único break-point em toda a partida, o atual número 13 do mundo passou pelo polonês Hurbert Hurkacz por 7/6 (7-2) e 6/4, em 1h25 de partida, e será o próximo rival de Francisco Cerúndolo. O argentino venceu o único duelo anterior, na terceira rodada de Roland Garros no ano passado, com uma virada por 3 sets a 1.

Em sua quarta participação no torneio, Fritz já supera a campanha do ano passado, quando foi eliminado nas oitavas. No entanto, ele segue ainda bem distante de seus concorrentes mais próximos no ranking e precisará seguir avançando na competição para se aproximar do retorno ao top 10. Já Hurkacz, que não passou da terceira fase saibro madrilenho nos dois últimos anos, se manterá firme na nona posição da ATP.

10 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Osvaldo
Osvaldo
29 dias atrás

é Cerundolo, não “Cerúndolo”

José Nilton Dalcim
Admin
29 dias atrás
Responder para  Osvaldo
eduardo
eduardo
29 dias atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Boa, Dalcim!

eduardo
eduardo
29 dias atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Boa, Dalcim

eduardo
eduardo
29 dias atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Boa

marcos
marcos
29 dias atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Ace, Dalcin !

Refaelov
Refaelov
29 dias atrás

Grande resultado do Cerundolo, foi apenas a segunda vez na temporada q um Sudaca chegou ao menos às oitavas de final de um dos grandes torneios(GS e Masters 1000), repetindo as QF do Jarry em Miami.

Fritz no saibro me parece um adversário acessível para sonhar com SF, estarei na torcida.

José Nilton Dalcim
Admin
29 dias atrás
Responder para  Refaelov

Tome cuidado com a expressão “sudaca”, que na língua espanhola é depreciativo para qualquer sul-americano

Refaelov
Refaelov
29 dias atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Eita, n fazia ideia Dalcin, obviamente n falei com esse objetivo

José Nilton Dalcim
Admin
29 dias atrás
Responder para  Refaelov

Claro, tenho certeza disso. Daí eu sugerir o cuidado. Abs!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE