PLACAR

Brasil estreia na fase de grupos da Copa Davis contra a Itália

Bolonha (Itália) – Atuais campeões da Copa Davis, os italianos serão os primeiros rivais do Brasil na disputa da fase de grupos. Nesta quinta-feira, a ITF divulgou as datas de todos os confrontos desta fase que vale um lugar nas finais de Málaga, que reunirá as oito melhores nações.

Depois da dura estreia no Grupo A contra os anfitriões italianos, marcado para 11 de setembro, o Brasil voltará a jogar no dia seguinte contra a Holanda. O terceiro e último embate acontecerá após um dia de descanso para o time nacional, encarando a Bélgica no dia 14.

Os dois melhores do grupo se classificam para a próxima fase. Os confrontos são realizados em melhor de três partidas, com dois duelos de simples e um de duplas. Todos os jogos deverão ser realizados para fins de desempate ao final da disputa. Desde a mudança do formato da competição, é a primeira vez que o Brasil chega tão longe no torneio.

No retrospecto contra seus rivais na fase de grupos, o time brasileiro leva a pior contra a Bélgica, com quatro derrotas em quatro encontros, empata com a Itália, com duas vitórias para cada lado, e cruza com a Holanda pela primeira vez na história de Copa Davis.

18 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Ricardo
Ricardo
1 mês atrás

Putz, que azar !

Guilherme Alcantara
Guilherme Alcantara
1 mês atrás

Teríamos que enfrenta-los de qualquer jeito, então bora pra cima.
Se o Oncins não inventar e formos de Wild, Fonseca e Melo/Matos, acredito que podemos ter chance de beliscar um segundo lugar.

rodrigo camelo
rodrigo camelo
1 mês atrás
Responder para  Guilherme Alcantara

Na minha opiniao esse time seria o ideal tb, mas acredito que o Melo nao entre nas duplas. Mas ter a experiencia dele em quadra e o nosso melhor duplista no circuito pesa ao nosso favor!!!!

Thiago
Thiago
1 mês atrás
Responder para  Guilherme Alcantara

Se Wild e Fonseca seguirem nessa pegada (oremos), não tem qualquer alternativa que não seja Wild e Fonseca nas simples. Nas duplas, precisa ver como os duplistas se encaixam melhor. Eventualmente Meligeni e Matos pode ser mais jogo.

Guilherme Alcantara
Guilherme Alcantara
1 mês atrás
Responder para  Thiago

Meligeni/Matos tbm seria uma boa opção dentro das que temos para as duplas. Vai de encaixe de jogo realmente.
Agora, Wild e Fonseca é indiscutível pra mim.

Refaelov
Refaelov
1 mês atrás
Responder para  Guilherme Alcantara

Se o confronto fosse hj, eu manteria a dupla Meligeni e Matos, foram muito bem sempre q exigidos e o Melo n anda lá tão bem para impor sua convocação(essa final de Masters 1000 foi muito mais na conta do Zverev doq dele)..

Qnt aos singlistas, clr, muita coisa pode rolar até Setembro mas, se fosse hj, o óbvio seria Wild e Fonseca msm(os únicos jogadores BR q ao menos se dispõe a disputar consistente torneios de primeira linha)..

Refaelov
Refaelov
1 mês atrás
Responder para  Thiago

Infelizmente conhecendo a tradição BR de priorizar a “gratidão” à realidade q o circuito impõe, acho muito difícil o Monteiro n ser um dos singlistas pra esse confronto e, acho bem possível q o Wild n seja sequer convocado como “punição” pelo pedido de dispensa do confronto contra a Suécia(msm q o msm tenha alegado lesão)..

Fernando
Fernando
1 mês atrás

Qual será a desculpa para o João não ser titular?

Fernando Romero
Fernando Romero
1 mês atrás
Responder para  Fernando

O ranking

Refaelov
Refaelov
1 mês atrás
Responder para  Fernando Romero

Olha, é bem possível ele já ser nosso segundo tenista melhor rankeado até Setembro..

Thiago
Thiago
1 mês atrás
Responder para  Fernando

“Não pode por pressão em cima do menino”, que já ganhou de Fils, Garin e Sonego… rsrs.

Felipe Rossa
Felipe Rossa
1 mês atrás

Pro João não ser titular, só se ele não querer participar, pois hj ele é claramente o raquete 2 do país, se analisarmos o desempenho sem olhar o Ranking, isso se não estiver melhor que o Wild até lá.

SANDRO
SANDRO
1 mês atrás
Responder para  Felipe Rossa

Se não “querer”??? Se não “quiser”…

Felipe Rossa
Felipe Rossa
1 mês atrás

Até Setembro João já estará no Top 100! Podem printar e me cobrar…

Fernando Romero
Fernando Romero
1 mês atrás

Para a evolução do Fonseca seria excelente enfrentar o Sinner e provavelmente o Berretini na Davis

Guilherme Alcantara
Guilherme Alcantara
1 mês atrás
Responder para  Fernando Romero

Acho que tem alguma italianos a frente do Berretini hj, inclusive o Sonego que perdeu do Fonseca essa semana. Musetti tbm vem antes.

SANDRO
SANDRO
1 mês atrás

Mas que sorteio mais AZARADO esse!!! Estreiar logo contra a ITÁLIA??? Nenhuma equipe do mundo desejaria isso!!!

SANDRO
SANDRO
1 mês atrás

Foi um sorteio ingrato… O grupo mais fácil seria: BRASIL, FINLÂNDIA, ESLOVÁQUIA e AUSTRÁLIA… Porém, infelizmente, o BRASIL não deu sorte mesmo neste sorteio… Então: Levanta,sacode a poeira, dá a volta por cima e bola pra frente!!!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wild enfrenta inspirado Monfils e a torcida francesa em Paris

A homenagem de Roland Garros ao adeus de Alizé Cornet

PUBLICIDADE