PLACAR

Bigun é o sétimo campeão norte-americano juvenil em RG

Kaylan Bigun (Foto: Clément Mahoudeau / FFT)

Paris (França) – Calouro em ascensão no tênis universitário, defendendo a UCLA, o norte-americano Kaylan Bigun está fechando com chave de ouro sua carreira juvenil. Neste domingo, ele conquistou o título de Roland Garros ao bater o polonês Tomasz Berkieta de virada, com parciais de 4/6, 6/3 e 6/3.

Bigun se tornou o sétimo juvenil norte-americano a triunfar no saibro parisiense e o terceiro desde que John McEnroe levantou a taça em 1977. Os dois títulos mais recentes dos EUA no juvenil masculino em Paris foram de Tommy Paul (2015) e Bjorn Fratangelo (2011).

“Só quero dar os parabéns ao Tomasz por um jogo muito bom. Ele estava sacando a um bilhão de milhas por hora e eu estava apenas tentando não ser atingido”, disse Bigun, que viu o rival polonês anotar nove aces, com 202 km/h em média com o primeiro saque, chegando a 225 km/h no saque mais rápido.

A decisão foi disputada na quadra Simonne-Mathieu. Berkieta, 34º do ranking juvenil, natural de Varsóvia, salvou três match-points na semifinal contra o italiano Lorenzo Carboni e chegou a largar na frente na decisão.

Uma quebra solitária no quinto game deu o primeiro set para Berkieta, que perdeu quatro break-points logo no game inicial da segunda parcial e depois levou uma quebra no quarto para ver Bigun empatar. No terceiro set, o norte-americano obteve duas quebras, uma no terceiro game e outra no nono e último.

“Esse título  significa muito. Eu realmente não jogo muito no saibro vermelho e não acho que os americanos sejam conhecidos por se especializarem no saibro vermelho”, comentou Bigun, que vinha embalado após a conquista do J500 de Milão.

“Obviamente, se você ganha um torneio na semana anterior, você chega com bastante confiança e com experiência em jogos e competições. Então eu sabia o que tinha que fazer e como queria jogar em quadra”, finalizou o canhoto de 18 anos e atual número 6 no ranking juvenil da ITF. Ele será o novo número 1 a partir de segunda-feira.

Kjaer e Schwaerzler conquistam o título de duplas

O título de duplas ficou com o norueguês Nicolai Kjaer e o austríaco Joel Schwaerzler, principais cabeças de chave, eles venceram o italiano Federico Cina e o japonês Rei Sakamoto por 6/4 e 7/6 (7-3). Canhoto de 18 anos, Schwaerzler vai perder a liderança do ranking mundial juvenil para Bigun. Kjaer tem 17 anos e vai assumir o quarto lugar do ranking.

Subscribe
Notificar
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE