PLACAR

Bia adota estilo agressivo e faz jogo firme na estreia

Foto: Jimmie48/WTA

Londres (Inglaterra) – Apesar de não viver seu melhor momento no circuito, a paulista Beatriz Haddad Maia teve uma estreia animadora em Wimbledon nesta quarta-feira. Em partida adiada por causa da chuva, que começou atrasada em mais de duas horas pela chuva e ainda viu uma rápida interrupção, Bia adotou estilo agressivo, teve pequenos problemas com os saque e superou a polonesa Magdalena Frech, com parciais de 7/5 e 6/3, em 1h50 de duelo.

Na segunda rodada, a canhota paulista terá pela frente a colombiana Camila Osorio, que passou bem pela norte-americana Lauren Davis, precisando de 72 minutos para triunfar com o placar final de 6/3 e 6/1. Será a segunda vez que as sul-americanas medirão forças no circuito, com vitória de Bia nas oitavas de final em Roma, no ano passado.

Em sua quinta participação no All England Club, a número 1 do Brasil e atual 20 do mundo só perdeu uma vez na estreia, em 2022, quando foi superada pela eslovena Kaja Juvan. Seu melhor resultado foi no ano passado, quando foi até as oitavas de final e abandonou o duelo com a cazaque Elena Rybakina com uma lesão na região lombar ainda no primeiro set.

Problema nos últimos jogos de Bia, o saque teve ainda alguns momentos de instabilidade, como nas duas duplas faltas que cometeu. Contudo, a brasileira sacou com mais força e anotou um ace. Ela foi quebrada apenas uma vez, justamente quando sacava para fechar o primeiro set, e depois encarou perigosos 0-40 que poderiam levar Frech a 4/2 no segundo set. Ponto positivo foi a proximidade de aproveitamento da primeira bola (68%) para a segunda (60%).

Bia não se abala com adversidades e controla jogo

O equilíbrio foi a cara do começo da partida, com leve vantagem para Bia, que claramente adotou postura mais ofensiva, buscando a rede sempre que possível. Teve o primeiro break-point da disputa logo no terceiro game. No sétimo ela obteve a primeira quebra, sendo ameaçada pela primeira vez com o serviço logo em seguida. Bia se salvou e depois sacou para o set em 5/4, quando perdeu a vantagem e viu a rival empatar, mas não se abateu e venceu o saque de Frech na sequência, com boas devoluções. Com nova oportunidade de servir para fechar a parcial, ela desta vez não vacilou e fez 1 a 0 no placar.

Na segunda parcial, Bia oscilou um pouco mais com os serviços, mas conseguiu escapar bem das adversidades, salvando dois break-points logo no segundo game e mais três no sexto, saindo de 0-40. A brasileira aproveitou o embalo após o susto e obteve quebra na sequência para iniciar uma arrancada final, que teve ainda mais uma quebra no nono e último game.

Bia conseguiu anotar mais bolas vencedoras do que Frech (26 a 21) com os mesmos 19 erros não forçados da rival. Junto à rede, ela também teve desempenho superior, vencendo 74% dos pontos (20 de 27 tentativas) contra 67% da polonesa. O aproveitamento de saque foi outro fator no qual a paulista levou vantagem, terminando com 65% contra 57% da adversária.

33 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Nelson Freire
Nelson Freire
15 dias atrás

Vamos Bia!!!

Edinho Godoy
Edinho Godoy
15 dias atrás
Responder para  Nelson Freire

Bora!!

Última edição 15 dias atrás by Edinho Godoy
Paulo A.
Paulo A.
15 dias atrás
Responder para  Nelson Freire

Que bom que passou mas vai ter que evoluir se quiser ir além da 2a rodada. Não fez nem um ace enquanto a “baixinha” polonesa fez 4! E anotou 20!!!erros.

Blumenau
Blumenau
14 dias atrás
Responder para  Paulo A.

Fez um ace sim, mas apenas um, se não me engano para fechar o primeiro set.

Marcelo Seri
Marcelo Seri
15 dias atrás

a Bia voltou pra Head?

Edinho Godoy
Edinho Godoy
15 dias atrás
Responder para  Marcelo Seri

Não, foto antiga.

Marcelo Seri
Marcelo Seri
15 dias atrás
Responder para  Edinho Godoy

Ah entendi, obrigado!

Blumenau
Blumenau
15 dias atrás
Responder para  Edinho Godoy

Já trocaram a foto.

American Twist boladão
American Twist boladão
15 dias atrás

Agora vai!
Precisa defender esses pontos e ganhar mais alguns em outros torneios, senão corre o risco de não se classificar ao finals B.

Guilherme Alcantara
Guilherme Alcantara
15 dias atrás

Discordo completamente do título da matéria, mas venceu e isso que importa.
Grande favorita contra a Osório, vamos ver se vai se manter.

Rockton
Rockton
15 dias atrás
Responder para  Guilherme Alcantara

Eu também discordo. Não teve nada de jogou firme. Ela amarelou 5×4 para fechar o primeiro set. Quase entregou. Contou com o desânimo da adversária para fechar o segundo set.
Mas é isso, o que importa é que ganhou e embolsou uma boa grana.

Guilherme Alcantara
Guilherme Alcantara
15 dias atrás
Responder para  Rockton

Arrumaram o título já. Esse está mais real. Pq brechas ela deu de baciada kkkkk

Camila
Camila
15 dias atrás
Responder para  Rockton

Nao acho que a Bia está bem, levar quase 2horas pra derrotar essa jogadora mediana. Vamos realmente ver como ela está quando pegar uma jogadora a altura. Mas que bom que venceu. Espero que ela chegue ao menos até as quartas. Bora Biaaaaaa!

Renato
Renato
15 dias atrás
Responder para  Camila

Quem sabe a vitória espanta a tal má fase e o jogo flui na próxima rodada.

Blumenau
Blumenau
14 dias atrás
Responder para  Camila

Na grama todos acabam se igualando, é uma superfície ingrata. Se não sacar muito bem e não for agressivo o jogo pode tender para qualquer lado. Veja a ex-campeã Vondrossova que perdeu para uma pitoco na estreia.

Oscar Riote
Oscar Riote
15 dias atrás
Responder para  Guilherme Alcantara

Sim. Os pontos mais rápidos é o fator grama

jose carlos
jose carlos
15 dias atrás

jogou muito bem – como há tempos não jogava – e merece todos os elogios. Caso mantenha essa trajetória ascendente, tem totais condições de ir longe no torneio, chegar a segunda semana e fazer a gente voltar a sonhar. Vamos ver como se comporta no jogo de amanhã, em que, de novo, entra em quadra como ampla favorita.

Blumenau
Blumenau
15 dias atrás
Responder para  jose carlos

Vamos ver daqui pra frente. Osório é a mesma coisa da Frech, então é atropelar e seguir em frente. Problemas em seguida: tem Collins pela frente que nunca se enfrentaram, resultado pode ser surpresa apesar da Collins estar muito bem e se passar, tem Krejcikova pela frente da qual nunca ganhou e nas quartas teria 1ga ou Ostapenko que tbm nunca ganhou, ou seja, vai ter que matar um leão, um tigre e um elefante por dia se quiser pagar o boleto gordo. É torcer para colocar a cabeça no lugar, manter a agressividade com acertos e bater forte com saque certeiro. Se der certo nos vemos nas finais ou se não der certo, nos qualificatórios da vida.

Adalberto
Adalberto
14 dias atrás
Responder para  Blumenau

kkk… Hilário! Você faz elogiozinho, mas sempre cutucando, Rrss…
Perdeu a fé mesmo, ein?

Claudemir
Claudemir
15 dias atrás

Parabéns Bia Haddad, bom resultado para dar início, a está campanha.

Domingos Neto.
Domingos Neto.
15 dias atrás

Achei que jogo como uma top 20 hoje.
Ter saído de 0/40 para ganhar o game no segundo set, foi coisa de jogadora top.
A adversária tmb tem um.bim nível de jogo que faz a vitória ser valorizada ainda mais.
Bora Bia!

Adalberto
Adalberto
15 dias atrás

Para aqueles que disseram que não passava da estreia, vão ter que alterar a previsão , kkk…,
VQV Bia!

Edinho Godoy
Edinho Godoy
15 dias atrás

Sólida. Bom aproveitamentamento de primeiro saque (fundamental na grama) e boas variações, com subidas á rede, slices e drop shots. A meu ver uma pequena oscilação em um, único game, quando sacava pra fechar em 5/4 no primeiro set. Tentou ser mais conservadora ao invés de se manter agressiva como vinha fazendo. Voiltou com a agressividade, quebrou de novo e, aí sim, mostrou que queria fechar o set. Fora isso, muito boa primeira rodada.

Thiago
Thiago
15 dias atrás

Achei que a Bia jogou bem. Não foi um arraso, mas tirou a bola do meio, variou, angulou bem, afundou a bola… e incrivelmente, foi bem na rede, subindo na maioria das vezes na hora certa. Enfim, bom repertório.

Vamos torcer pra evoluir contra a Osório pra chegar preparada contra a Collins. Se sobreviver, pode começar a pensar em voos mais altos.

Oscar Riote
Oscar Riote
15 dias atrás
Responder para  Thiago

Chave bem favorável. Osório é uma típica saibrista e não deve dar trabalho.
Collins faz um ótimo ano, mas tem histórico péssimo na grama.

Renato
Renato
15 dias atrás

Opa. Bom demais. Dois brasileiros na segunda fase. Vamos à luta, torcida não vai faltar.

Roberto
Roberto
14 dias atrás

Torcer para a Bia se reencontrar e voltar com a confiança e embalar.

NFdS
NFdS
14 dias atrás

“…embora a brasileira tenha sacado com mais força e anotado quatro aces, porém com três duplas faltas. …”
Essa informação está errada. Foi a polonesa que fez 4 aces e 3 DFs. Bia fez só 1 ace e cometei 2 DFs.
Aliás, Bia continua sacando insatisfatoriamente, com sua envergadura devia fazer mais aces, ainda mais na grama.

João Sawao ando
João Sawao ando
14 dias atrás

Jogo duro com a Camila mas da para passar.dificil e passar pela collins

Ranalfo Maia
Ranalfo Maia
14 dias atrás

É por ai!

Ari
Ari
14 dias atrás

Bem importante ver ela buscar mais de uma vez game praticamente perdido.

trackback

[…] (Inglaterra) – Depois de vencer sua partida de estreia em Wimbledon, Beatriz Haddad Maia falou sobre a vitória sobre a polonesa Magdalena Frech nesta […]

Refaelov
Refaelov
14 dias atrás

Afora o saque incompatível com uma jogadora com a envergadura dela(e nem vejo mais sentido em esperarmos melhora nesse fundamento) jogou próximo do seu melhor hj.. mantendo esse nível deve passar pela Osório sem maiores apertos.. num eventual R3, o sarrafo promete subir.. bora por mais!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE