PLACAR

Bia: “Estou bem em todos aspectos, sem queixas ou desculpas”

Foto: Dubai Duty Free Tennis Championships

Dubai (Emirados Árabes) – Depois de ter sofrido duas eliminações seguidas nas estreias dos primeiros WTA 1000 da temporada, em Doha e Dubai, Beatriz Haddad Maia falou sobre os resultados negativos, especialmente a dura derrota para a italiana Jasmine Paolini no último domingo. Bia afirma que estava em plenas condições de jogo e lamentou as oscilações de nível que custaram o resultado.

“Estou bem em todos os aspectos. Sem queixas ou desculpas de nada. Oscilei, me frustrei e perdi. E neste nível não há espaço para lamentações dentro de um jogo”, disse Bia sobre a derrota para Paolini, 24ª do ranking, por 4/6, 6/4 e 6/0 em Dubai. A brasileira chegou a liderar o segundo set por 4/2, mas perdeu os dez últimos games da partida.

“Já ganhei e perdi bastante para saber que não existe segredo: bons hábitos, foco no processo e tentar novamente até fazer dar certo mais uma vez”, acrescenta a número 1 do Brasil e 14ª do mundo, que tem seis vitórias e seis derrotas na atual temporada do circuito. Seu melhor resultado do ano foi a semifinal do WTA 500 de Abu Dhabi.

Torneio em San Diego na próxima semana
Bia está inscrita para o WTA 500 de San Diego, que acontece na próxima semana nos Estados Unidos. Ela será uma das principais cabeças de chave do torneio, junto com a norte-americana Jessica Pegula, número 5 do mundo. Entre as atrações do evento também estarão a ucraniana Dayana Yastremska, a croata Donna Vekic e a canadense Leylah Fernandez. A ex-líder do ranking Caroline Wozniacki recebeu convite para o torneio.

26 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulo A.
Paulo A.
1 mês atrás

É isso aí, seguir trabalhando duro que uma hora os resultados vêm. Hoje foi a toda-poderosa Sabalenka que levou um 6/0. Coisas do esporte.

Adalberto
Adalberto
1 mês atrás
Responder para  Paulo A.

Também gostei da resposta! Vida que segue! E plagiando Gonzaguinha: “Amanhã vai ser outro dia…” VQV Bia!

Andre
Andre
1 mês atrás

Isso aí Bia, em frente….

Ubiratan (Black)
1 mês atrás

Perfeito, Bia!
Muchova desistiu?
Até ontem tinha visto que teria o retorno dela e da Pegula.
Por enquanto Bia finalmente deverá pegar um bye.
Mesmo sabendo que nunca é fácil jogar contra as top 30, 40 e 50, é hora de avançar bem e conseguir mais uns bons pontos para esse período. Aproveitar que agora só soma! os 100 dela do ano passado só cairão em setembro. E Krejcikova num grande azar, mais um título em sequência que não vai poder defender.

Ubiratan (Black)
1 mês atrás
Responder para  Mário Sérgio Cruz

Nossa! durante esse período todo e com tratamentos sem solução, imaginava se haveria indicação de cirurgia. Que, finalmente, seja resolvido.
Quanto a Krejcikova, sem dúvida!
Essa faixa do top 20 tem normalmente 2 maiores resultados num ano, com pontos que variam de 500 a 1000 pontos.
Evidenciei o azar dela de quando apareceu uma contusão vieram os seus 2 grandes pontos sem conseguir entrar em quadra para defender.
Por outro lado, Muchova já está há meses com esse punho aí e está perdendo poucos pontos com o tempo. Dependendo do tempo de recuperação irá retornar ainda numa boa posição de briga do top 10 a 13. Seus principais pontos estão a partir do meio do ano.

F.F.
F.F.
1 mês atrás

A própria Haddad Maia enterra as teorias da pachecada acerca de cansaço, lombar, coluna, fuso e outras desculpas

Evandro
Evandro
1 mês atrás
Responder para  F.F.

Contrário de muitos, ela não possui tempo disponível para buscar responsáveis. Está trabalhando.

Haroldo Guimaraes
Haroldo Guimaraes
1 mês atrás
Responder para  F.F.

Poucos disseram algo disso dessa vez, quase todo mundo, assim como eu, disse que foi o mental. Pela resposta dela tá cara que foi. Parabéns Bia, um orgulho de tenista brasileiro, vai ganhar muito ainda e perder algumas vezes

Sérgio Santos
Sérgio Santos
1 mês atrás
Responder para  F.F.

Sem essa de pachecada. Isso é esporte, cara. A Bia já conseguiu feitos expressivos no tênis brasileiro somente abaixo dos fora de série Gustavo Kuerten, Maria Esther Bueno. É uma batalhadora e que ainda vai conseguir muito mais apesar da torcida contra dos haters.

Othon Carvalho
Othon Carvalho
1 mês atrás

Força, aprimoramento e persistência!!! Bora, Bia!!!

Jorge Luiz
1 mês atrás

É isso aí mesmo Bia, vc é motivo de orgulho para o Brasil

Andrade
Andrade
1 mês atrás

Sabalenka pneu hoje, 0x6 no 3 set. Não é só nossa Bia que leva pneu.

Cadu Chaves
Cadu Chaves
1 mês atrás

Bora Bia !!!
Você tem história muito maior do que este início de temporada.
Pra cima delas!!!

Sérgio Shigueru Imai
Sérgio Shigueru Imai
1 mês atrás

Beatriz vc é uma das melhores jogadoras do circuito, pode vencer qualquer uma . Ganhar ou perder faz parte do jogo por que esse esporte é muito competitivo e um dia que vc não acorda bem pode fazer toda diferença. Você não precisa provar nada a ninguem tudo que vc já conquistou é trabalho seu e de sua equipe. Tenho certeza que em breve vc será uma top 10 e resto virá quem sabe a líderanca no ranking.

Evandro
Evandro
1 mês atrás

Gabriela Cé, Thaísa Pedretti e Laura Pigossi vencendo hoje. Bia sem tempo de procurar culpado para as derrotas (antecipando a volta por cima na semana que entra). Sinto cheiro de desespero vindo da turma que não gosta de mulheres.

Fabio
Fabio
1 mês atrás
Responder para  Evandro

Concordo, você vê muitas falas machistas, sempre diminuindo as mulheres, acho tão ridículo, pensamentos com certeza de homens que também pensam que as mulheres não podem ter o salário ou premiações como aqui no tênis igual a de um homem, mas enfim, o que esperar de bom dessas pessoas, nada né, oremos!!!

Evandro
Evandro
1 mês atrás
Responder para  Evandro

Carol Meligeni também venceu! É pracabá

Anderson Barbosa Paim
Anderson Barbosa Paim
1 mês atrás

Inacreditável! Apagaram uma matéria sobre a Bia que foi publicada no domingo! Fiz um comentário e a matéria simplesmente sumiu!

Azevedo
Azevedo
1 mês atrás

Então joga e pára de mimizinho !!!

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
1 mês atrás

No jogo do último domingo acho que a derrota da Bia foi puramente mental. No final do 2º set estava na frente, aí veio aquele medo de errar, caiu a confiança, e do outro lado a Paolini sentiu a adversária em baixa, nunca havia perdido pra ela, aí começou a jogar com mais confiança e passou a dominar o jogo, De qualquer forma a Paolini vive um bom momento e mostrou isso hoje ganhando da Leyla Fernandez por 6/3 e 6/4. A Bia tem mais é que treinar mesmo e trabalhar para corrigir os pontos fracos e o fortalecimento mental, porque o mais difícil acredito que é conseguir administrar a pressão que aparece em vários momentos dos jogos.

JBG
JBG
1 mês atrás

Gosto muito da Bia, mas não acredito nesse comunicado não! Acho que houve mais coisas extras e dentro da quadra. Minha humilde opinião. Contínuo achando essa derrota ainda muito estranha. Falou em frustração e oscilações, pra mim ficou muito misterioso e vago… Aconteceram mais situações no decorrer do jogo que ela não citou.

Mourato
Mourato
1 mês atrás
Responder para  JBG

Também não acredito 100%, mas acho que ela está certa. Não tem que ficar dando relatório de tudo o que acontece. Melhor é assumir a responsabilidade e trabalhar para evoluir e superar os problemas. Opinião de internauta ou jornalista não ajuda em nada.

Jamb Elee
Jamb Elee
1 mês atrás

É isso aí, ela está bem em tudo. Os problemas são os fatores externos, como a bola, raquete, rede, piso, vento, sol, a pessoa do outro lado da quadra…

Brincadeiras à parte, ela faz bem em não alimentar especulações e focar em seu próprio trabalho, mas é evidente que precisa melhorar algumas coisas para conseguir manter os resultados e continuar entre as top 30.
Pra começar, precisa recuperar a resistência para conseguir manter o nível de jogo em 3 sets, recuperar a confiança depois de duas entregadas feias, e melhorar o aproveitamento de serviço.

Gilberto Souza
Gilberto Souza
1 mês atrás

Bia está bem em todos os aspectos, fico imaginando o que acontecerá quando estiver mal em algum aspecto.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE