PLACAR

Bia e Ingrid se despedem na estreia de duplas em Madri

Foto: Aliny Calejon

Madri (Espanha) – A parceria brasileira de Beatriz Haddad Maia e Ingrid Martins se despediu na estreia de duplas do WTA 1000 de Madri. Elas foram superadas pelas espanholas Cristina Bucsa e Sara Sorribes, cabeças 8 do torneio, por 6/4, 1/6 e 10-8 em 1h40 de partida nesta sexta-feira. Algozes das brasileiras, Bucsa e Sorribes enfrentam a taiwanesa Hao Ching Chan e a russa Veronika Kudermetova, campeãs em Stuttgart no último domingo.

Bia seguirá em Madri para a disputa de simples e enfrentará a norte-americana Emma Navarro neste sábado pela terceira rodada. A paulistana de 27 anos era a atual campeã de duplas, ao lado de Victoria Azarenka. Ela hoje e 14ª do mundo em simples e 22ª nas duplas, mas perde 1000 pontos na modalidade.

Também de 27 anos, Ingrid Martins é a 57ª do ranking e ainda irá definir calendário para as próximas semanas. Ela aguarda por vaga em Roma e pode incluir mais um torneio na semana que vem. Dois WTA 125 têm início previsto para segunda-feira, em Saint-Malo, na França, e Lleida, na Espanha.

Partida de três sets e com torcida bastante atuante

O primeiro set da partida teve apenas uma quebra, conquistada pela dupla espanhola logo no começo. Bucsa e Sorribes disputaram alguns games longos no saque, mas escaparam de todos os seis break-points que enfrentaram na parcial. A pressão constante sobre o saque das espanholas continuou no segundo set, mas desta vez as brasileiras conseguiram aproveitar as oportunidades. Bia e Ingrid saíram vencendo por 4/0 e voltaram a quebrar no fim da parcial.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

A definição ficou para o match-tiebreak, que começou com winner de devolução de Bia sobre Sorribes. Bucsa respondeu à número 1do Brasil na mesma moeda, mas Bia voltou a devolver bem, contando com boa presença de Ingrid na rede para que a parceria saísse vencendo por 3-1. As espanholas buscaram o empate por 5-5 e o equilíbrio permanecia, com Bia entrando em alguns ralis de fundo com as adversárias. As rivais viraram o placar para 8-6 após uma disputa na rede, definida por Sorribes. E Ingrid diminuiu a diferença com um ace. No primeiro match-point da dupla espanhola, Bucsa errou um voleio. Mas a parceria anfitriã definiu a disputa na segunda oportunidade.

Stefani e Schuurs serão as cabeças 3 do torneio

Outra brasileira no torneio é Luísa Stefani, número 10 do ranking de duplas, que joga ao lado da holandesa Demi Schuurs. Cabeças de chave 3, elas estreiam contra a polonesa Magda Linette e a chinesa Shuai Zhang. Em caso de vitória, elas enfrentam as chinesas Xinyu Wang e Saisai Zheng, que venceram a romena Monica Niculescu e a norte-americana Alycia Parks por 6/1 e 6/3.

8 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulo Mala
Paulo Mala
23 dias atrás

A fase realmente não é boa. Se pegasse uma jogadora de melhor qualidade que a Errani, eu temeria pela derrota
Hoje eu considero que a Pigossi está acima da Errani, e olhe que ela é top125

Fernando S P
Fernando S P
23 dias atrás
Responder para  Paulo Mala

A Errani ganhou três partidas na Caixa Mágica. A Laura não ganhou nenhuma.

Olha os resultados da italiana este ano (https://www.tennisexplorer.com/player/errani/) e compara com os da Laura. A brasileira derrotou uma Top 100 (Podoroska) e a segunda melhor classificada que perdeu para ela neste ano era a #164.

Acho a Laura uma gigante e torço muito por ela. Mas, até hoje, não há como comparar. A Errani só compete em WTAs e continua derrotando tenistas do Top 50 (este ano venceu a Tatjana Maria por 6/0, 6/1, que era a 49ª, a Sara Sorribes que era a 50ª e a Kalinskaya semana passada – 26ª). Essa semana ela bateu Top 100 no quali (Riera) e a Wozniacki.

Luiz
Luiz
23 dias atrás

Perderam para uma dupla muito ruim. As brasileiras erraram voleios fáceis. Não teve surpresa.

Luiz
Luiz
23 dias atrás

Jogo muito fraco. As brasileiras não tem jogo , sem slice e sem voleios. Nenhuma surpresa.

Adalberto
Adalberto
23 dias atrás

Quer saber?
Melhor olhar pelo lado positivo: Assim pode focar em simples!
Nós que gostamos da Bia, sabemos que algumas coisas precisam de ajustes, sim!
A Patrícia Medrado que parece não ter compromisso com subterfúrgios, mandou a real e disse que uma das coisas é que ela precisa dar atenção ao saque, pois não justifica uma jogadora forte e alta como ela tem um saque tão fraco, às vezes.
A Bia e equipe devem saber disso, mas o que preocupa é que entra torneio, sai torneio e não vemos muita evolução nesse quesito. E nem comentam a respeito…
Queremos o bem e o sucesso da Bia!
Focar nas melhorias, urgente, pois ainda da tempo de ganhar um Slam!
Pois sem elas fica difícil, senão impossível!
VQV BIA!

Última edição 23 dias atrás by Adalberto
João Sawao ando
João Sawao ando
23 dias atrás
Responder para  Adalberto

Tempo tem
Mas daí a ganhar um slam vai um longo caminho

Henrique Soares
Henrique Soares
23 dias atrás

Não vai ter chave de duplas masculinas?

José Nilton Dalcim
Admin
23 dias atrás
Responder para  Henrique Soares

Começa na terça e termina no sábado da próxima semana, segundo os novos critérios da ATP.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Nadal leva público italiano ao delírio com incrível reação

Conheça o que aconteceu nos bastidores do WTA 100 de Madri

PUBLICIDADE