PLACAR

Beach: juvenis baianos conquistam títulos e pódio no BT J100 em Salvador

Pedro Barros e João Pereira (Foto: Divulgação)
Salvador (BA) – Foram definidos, neste domingo, os últimos campeões do Bahia Juniors Cup BT, realizado na Arena D7, em Salvador. A segunda edição do  ITF BT J100 New Generation, do circuito mundial juvenil de beach tennis, teve baianos comemorando títulos e no pódio. 
 
Depois do título em simples 16 anos na sexta-feira, Enzo Michielli, de Arraial D´Ajuda, foi campeão também na Dupla Mista ao lado da  também baiana Marina Lehmann. Eles derrotaram na final os conterrâneos Guilherme Almeida e Carolina Almeida por 4/2 e 4/3. Enzo ainda foi medalha de bronze na Dupla Masculina ao lado de Guilherme Almeida. Os campeões foram os paulistas Giovanni Nomelini e Pedro Valente. No feminino Sub 16, título totalmente baiano com Marina Lehmann e Carolina Almeida. Alanis Melilo foi vice-campeã ao lado de Sophia Mischiatti.
 
Na categoria mundial Sub 18, o baiano de Salvador Pedro Barros foi campeão nas Mistas ao lado de Alanis Melilo e vice-campeão na Dupla Masculina junto com o também baiano João Pedro Pereira. Eles foram superados pela dupla do alagoano Paulo Consiglio e do potiguar Adryan Porfírio por 6/2 e 6/4. O baiano João Sousa e o paraibano Davi Mendes ficaram em terceiro lugar.
 
Na categoria 12 anos Dupla Feminina, Refaela Uzeda e Isabella Carvalho, baianas atletas D7, ficaram em terceiro lugar. O título ficou com as paulistas Bruna Gusi e Marcela Leme. No feminino 14 anos, a baiana Luana Grad e a paulista Pietra Giancoli subiram ao pódio na terceira posição. O título ficou com a paulista Giovanna Batista e a paranaense Antonela Pazzoti.
 
“Tivemos um ótimo desempenho dos baianos com pódio em todas as categorias, títulos e finais. Foi mais uma grande competição, a segunda edição com crescimento em número de atletas e o principal, revelando talentos para o beach tennis mundial. Estamos felizes por ajudarmos no crescimento do esporte”, destacou José Renato Gomes, diretor de beach tennis da Federação Bahiana de Tênis.
Foram cerca de 200 atletas de todo o Brasil (Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte, São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Distrito Federal, Goiás, Sergipe, Alagoas, Paraíba, Espírito Santo, Piauí), que somaram pontos no Sub 18 para o ranking mundial juvenil da Federação Internacional, além das categorias Sub 16, Sub 14 e Sub 12 que deram pontos para o ranking nacional da Confederação Brasileira de Tênis nível GA, do mais alto grau.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE