PLACAR

Basileia e Viena serão cruciais na disputa pelo Finals

Turim (Itália) – As quatro vagas restantes para o ATP Finals seguem em aberto nesta reta final de temporada e a disputa dos ATP 500 da Basileia e de Viena nesta semana serão cruciais na disputa. O russo Andrey Rublev é o mais tranquilo entre os postulantes a um lugar em Turim, aparece em quinto na corrida da temporada e tem mais de 500 pontos de vantagem para o sexto Stefanos Tsitsipas.

Do grego para baixo as diferenças são bem mais apertadas. O alemão Alexander Zverev vem em sétimo, menos de 300 pontos atrás de Tsitsipas e com 305 pontos de frente para o dinamarquês Holger Rune, que fecha a lista provisória de classificados, na oitava colocação.

Vivendo uma fase terrível desde Wimbledon, com apenas uma vitória neste período, Rune tem apenas 55 pontos de frente para o norte-americano Taylor Fritz, principal ameaça à classificação do dinamarquês. Isso porque o norueguês Casper Ruud, o polonês Hubert Hurkacz, o norte-americano Tommy Paul e o australiano Alex de Minaur estão um pouco mais distantes na pontuação.

Atual 11º na corrida para o Finals, Hurkacz é o último com chance de entrar na zona de classificação nesta semana, uma vez que está menos de 500 pontos atrás de Rune. Porém, um título na Basileia ou em Viena pode impulsionar quem está mais longe e colocar nomes como ben Shelton (14º), Frances Tiafoe (15º), Karen Khachanov (16º) e Grigor Dimitrov (17º) da disputa por uma vaga.

Veja como está a briga pela classificação ao ATP Finals:

1) Novak Djokovic – 8945 pontos ✅
2) Carlos Alcaraz – 8.445 ✅
3) Daniil Medvedev – 6.935 ✅
4) Jannik Sinner – 4.945 ✅
5) Andrey Rublev – 4.275
6) Stefanos Tsitsipas – 3.705
7) Alexander Zverev – 3.415
8) Holger Rune – 3.110

9) Taylor Fritz – 3.055
10) Casper Ruud – 2.815
11) Hubert Hurkacz – 2.775
12) Tommy Paul – 2.595
13) Alex de Minaur – 2.560
14) Ben Shelton – 2.275
15) Frances Tiafoe – 2.220
16) Karen Khachanov – 2.205
17) Grigor Dimitrov – 1.970
18) Cameron Norrie – 1.905

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE