PLACAR

Barty não avança no Pro-Am de golfe na Nova Zelândia

Barty ao lado dos participantes do Pro-Am na Nova Zelândia

Queenstown (Nova Zelândia) – A ex-nº 1 do tênis mundial e tricampeã de Grand Slam, a australiana Ashleigh Barty esteve entre as principais atrações do 103º Aberto da Nova Zelândia, que teve início nesta quinta-feira e termina domingo no Millbrook Resort de Queenstown.

A ex-tenista deixou claro que o golfe continua sendo um “hobby” e não deseja praticar o esporte profissionalmente. Barty teve uma segunda rodada positiva no Millbrook Resort em Queenstown nesta sexta-feira, mas não foi o suficiente para avançar na competição. Seu parceiro de equipe no pro-am foi Louis Dobbelaar.

Barty é uma talentosa jogadora de golfe, com handicap 4. Em 2022, ela disputou o Icons Golf Series em Nova Jersey (EUA), ao lado de outros grandes nomes do esporte internacional, como o nadador Michael Phelps.

​“O Aberto da Nova Zelândia é um evento fantástico e gostei muito da minha estadia lá. A Nova Zelândia é um país lindo e um lugar que sempre adoro visitar”, afirmou. “ O golfe sempre foi uma paixão”, acrescentou.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE