PLACAR

Azarenka desafia Rybakina em Dubai, Ostapenko vira o jogo

Foto: Dubai Duty Free Tennis Championships

Dubai (Emirados Árabes) – Depois de ter alcançado as quartas de final do primeiro WTA 1000 da temporada, em Doha, a ex-número 1 do mundo Victoria Azarenka também estreou com vitória em Dubai. A experiente jogadora de 34 anos e atual 27ª do ranking venceu a holandesa Arantxa Rus, 43ª, por 6/2 e 6/4.

Azarenka volta a atuar nesta terça-feira às 8h (de Brasília) contra a cazaque Elena Rybakina, número 4 do mundo, que vem em ótima fase depois de ter sido campeã no WTA 500 de Abu Dhabi e finalista em Doha. Rybakina venceu os dois duelos anteriores contra a bielorrussa.

Outra ex-líder do ranking a avançar foi Karolina Pliskova. A tcheca de 31 anos a atual 36ª do ranking passou pela chinesa Shuai Zhang, com parciais de 6/3 e 7/5 em apenas 1h19. Na últimas semanas, Pliskova foi campeã em Cluj-Napoca e semifinalista em Doha. A tcheca começou a treinar na semana passada com o croata Zeljko Krajan, que levou Dinara Safina ao número 1 em 2009. “Em termos de personalidade, acho que ele é parecido comigo. Não tem muitos altos e baixos. É relaxado e muito calmo”, disse Pliskova.

“Ainda não planejamos nada porque agora o cronograma estava difícil. Posso precisar jogar o quali em Indian Wells, mas talvez eu entre em San Diego. Então, não como vamos fazer. Estou apenas vivendo um dia de cada vez. Motivação nunca foi um problema para mim, sempre quero vencer, sempre quero competir. Mas o meu jogo é baseado na confiança e preciso sentir isso”, acrescentou a tcheca. Sua próxima rival é a norte-americana de 19 anos Ashlyn Krueger, algoz da francesa Caroline Garcia no último domingo.

Quem também estreou com vitória foi Jelena Ostapenko, número 9 do mundo e vencedora de dois torneios na temporada. Ela virou o jogo contra a canhota chinesa Xiyu Wang, com parciais de 5/7, 6/2 e 6/3 após 2h02 de partida. A letã tem 14 vitórias e três derrotas neste início de 2024, curiosamente todas as derrotas foram para Azarenka.

Camepeã em 2022, Ostapenko enfrenta a suíça Lulu Sun, que havia vencido o primeiro set contra a espanhola Paula Badosa, quando a rival abandonou após voltar a sentir a lesão nas costas, que a incomoda desde o ano passado. No fim de janeiro, Badosa já havia abandonado um jogo no WTA de Hua Hin também por esse problema nas costas.

Bicampeã em Dubai nos anos de 2017 e 2018, Elina Svitolina venceu um duelo ucraniano contra Anhelina Kalinina por 6/3 e 7/6 (9-7). A cabeça 15 enfrenta a alemã Tatjana Maria na segunda rodada. “Tenho ótimas lembranças desse lugar. Foi muito especial vencer duas vezes aqui, porque o foi o primeiro grande torneio que eu venci e entrei no top 10 na época. Fico muito feliz de poder voltar a essa quadra”, explica a atual número 20 do mundo.

Também avançaram as russas Liudmila Samsonova e Veronika Kudermetova. Cabeça 13, Kudermetova bateu a ucraniana Dayana Yastremska por 6/1, 1/6 e 6/0 e enfrentará a romena Sorana Cirstea. Já Samsonova, 12ª favorita, fez 7/6 (7-2) e 6/3 contra a búlgara Viktoriya Tomova e terá um duelo russo contra Anastasia Pavlyuchenkova, algoz da tcheca Marie Bouzkova por 6/2 e 6/3.

No último jogo da rodada desta segunda-feira, a lucky-loser italiana Lucia Bronzetti eliminou a russa Daria Kasatkina, cabeça 10 do evento, por 7/6 (7-5), 4/6 e 7/5, em partida com 2h45 de duração. Bronzetti enfrenta mais uma russa, Anastasia Potapova, que bateu a chinesa Lin Zhu por 4/6, 6/2 e 6/4.

Leia mais:

Sabalenka estreia na terça de manhã, Iga joga ao meio-dia

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE