PLACAR

ATP confirma mudanças na pontuação do ranking

Foto: ATP Tour

Miami (EUA) – A ATP enfim se pronunciou e confirmou as mudanças na pontuação para o ranking internacional, o que inclui a queda na pontuação dos torneios challenger e o aumento nos eventos de níveis 250 e 500 a cada rodada, fazendo mudanças até mesmo nos Grand Slam e Masters 1000.

Em geral, a partir de 2024 haverá um acréscimo de cerca de 10% ou mais nos pontos distribuídos em todas as fases dos principais torneios de nível ATP, exceto para o campeão, que continuará com a pontuação habitual intacta. As chaves de duplas, no entanto, não serão afetadas e permanecerão com os pontos atualmente distribuídos.

A explicação da ATP para a mudança é o aumento das chaves da maioria dos Masters 1000 para 96 participantes. Dessa forma, acontecerá aumento de 100 pontos para o vice de Slam e de 80 para os semifinalistas, enquanto o vice dos Masters ganharão 50 a mais. Nos ATP 500, o vice terá 30 a mais do que antes e nos 250, o aumento é de 15 pontos. O Finals não teve qualquer mudança e seguem dando até 1.500 pontos ao eventual campeão invicto.

Veja a nova tabela das chaves principais em nível ATP:

Veja a tabela dos qualificatórios a partir de 2024:

Veja a tabela de challengers e ITFs que passa a vigorar:

15 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Sidney
Sidney
1 mês atrás

Bom, incentivo pra partir pros qualy nos ATP…

Marcelo Ikeda
Marcelo Ikeda
1 mês atrás

Péssimo gesto da ATP, concentrando ainda mais a pontuação em poucos torneios e afunilando a pontuação nos challengers nos campeões. Para o tênis sul-americano, será ainda pior!

Gusmão
Gusmão
1 mês atrás
Responder para  Marcelo Ikeda

Deveriam melhorar as pontuação dos Challenger, seria a forma de abranger maior quantidade de jogadores na disputa pelos 100 melhores do Ranking de Simples.
Mas também o incentivo de ter mais torneios ITF no geral tem que ser revista, pois os jogadores da América do Sul, Asia, África são prejudicados pela escassez de Torneios.

Paulo A.
Paulo A.
1 mês atrás
Responder para  Marcelo Ikeda

Vivemos em um sistema excludente e concentrador, e no tênis não poderão ser diferente, haja vista que é dominado pelos americanos e seus asseclas…não há o que fazer, infelizmente…

Refaelov
Refaelov
1 mês atrás
Responder para  Marcelo Ikeda

Não concordo, o objetivo claramente é tirar os melhores pontuados em CHL da zona de conforto, aumentando o incentivo para se arriscarem em QUalys de ATPs..

Leo
Leo
1 mês atrás

Ruim para os viajantes profissionais, mas ótimo para fortalecer o tenis.

Christiano
Christiano
1 mês atrás

É uma boa intenção pra mexer com os acomodados que entram no top 50, top 70 jogando somente challengers, tipo uns F. Coria da vida. Não sei se vai ser eficaz, mas vale a tentativa.

Bernardo Dornela
Bernardo Dornela
1 mês atrás
Responder para  Christiano

Dá pra fazer isso mudando o sistema de pontuação dos atletas, por exemplo. Limitando o número de resultados válidos em CH, ou pelo menos entre diferentes níveis de CH, enfim… se fosse essa a intenção. Agora minar ainda mais o circuito Challenger me parece ir na contramão da suposta tentativa de tornar o tênis sustentável para um número maior de atletas

Ubiratan (Black)
1 mês atrás

Chegando perto do feminino que na maioria dos pontos são maiores.

Luiz
Luiz
1 mês atrás

Para os turistas profissionais brasileiros pessima noticia
Veteranos, estagnados
Sombrio

Márcio
Márcio
1 mês atrás

ATP aumentando ainda mais a distância entre os 100 primeiros e os demais tenistas. Gostaria de saber opinião de algum tenista profissional a respeito.

Carlos
Carlos
1 mês atrás

Ótima iniciativa pois valoriza quem mete a cara nos ATPs ao invés de ficar jogando Challenger Ad Infinitum

Marcos Antonio Vargas Pereira
Marcos Antonio Vargas Pereira
1 mês atrás

Vamos ver na pratica como isto funciona. Nao vejo este caos que alguns preveem.

SANDRO
SANDRO
1 mês atrás

Se ATP estivesse interessada em apoiar os tenistas em ascensão, deveria valorizar mais a pontuação dos CHALLENGERS e reduzir um pouco o excesso de pontuação dos torneios de elite… Cada vez mais excludente e paneleira esta ATP…

Davi Silva
1 mês atrás

Infelizmente nosso Chalenger man se deu mal nessa, ele não cobsrgue performar bem nos atps

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE