PLACAR

Após se unir com a ATP, sauditas agora também entram na WTA

Foto: WTA/Divulgação

Nova York (EUA) – Depois de um acordo com a ATP, o investimento árabea WTA através do fundo soberano PIF. A organização dos jogadores anunciou isso na segunda-feira, após a assinatura do contrato em Nova York. Com isso, o ranking feminino levará o nome PIF (Fundo de Investimento Público), assim como no masculino.

Em abril, a Arábia Saudita já havia garantido a realização do WTA Finals, torneio que reúne as oito melhores jogadoras da temporada, que acontecerá na capital Riad pelo menos até 2026. Depois dos torneios do Grand Slam, o evento é o torneio de tênis mais valioso em termos de pontos e prêmios em dinheiro.

Diretora de parcerias da WTA, Marina Storti comemorou a assinatura do acordo. “Estamos muito satisfeitos em receber a PIF como parceiro global da WTA e nosso primeiro parceiro oficial de nomeação do WTA Rankings”, destacou a dirigente.

“Juntos, esperamos compartilhar a jornada de nossas talentosas jogadoras ao longo da temporada, à medida que continuamos a desenvolver o esporte, criando mais fãs de tênis e inspirando mais jovens a praticar o esporte”, acrescentou Storti.

Ícones do tênis como Chris Evert e Martina Navratilova criticaram fortemente os responsáveis ​​da WTA pela aproximação com os árabes pela situação dos direitos das mulheres no país. “Não ajudámos a construir o tênis feminino para que pudesse ser explorado pela Arábia Saudita”, escreveram as duas em um artigo para o Washington Post.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
ADALBERTO SOUZA
ADALBERTO SOUZA
29 dias atrás

A 1a. preocupação da WTA é money!

Paulo
Paulo
29 dias atrás

Vamos ver o que acontece.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE