PLACAR

Apesar de grande estreia, Sinner se exime do favoritismo

Foto: Mateo Villalba/MMO

Madri (Espanha) – Melhor jogador nestes primeiros meses de circuito, o italiano Jannik Sinner entrou na disputa em Madri como cabeça de chave 1 pela primeira vez em um Masters 1000, fazendo valer sua condição neste sábado, em que estreou com uma vitória arrasadora sobre o compatriota Lorenzo Sonego.

“Conheço-o bem porque jogamos a Copa Davis juntos e somos bons amigos. Tentei me concentrar porque esse tipo de partida é complicado de jogar. Eu me senti muito bem e sólido em quadra”, disse o número 2 do mundo, que agora terá pela frente o russo Pavel Kotov.

“Estou muito feliz por regressar a Madrid. No ano passado perdi o torneio e agora estou entusiasmado. Adoro a atmosfera do público, estou focado em jogar um bom tênis e veremos como o torneio evolui”, comentou o italiano

Apesar da grande forma apresentada até então, Sinner lembra que seu histórico na competição não é dos melhores, agora com quatro vitórias e duas derrotas. Em sua terceira participação, o italiano fala com cautela sobre suas chances de título.

“Realmente não sei se sou o favorito para vencer. Vou tentar melhorar dia após dia porque este torneio é algo diferente devido à altitude. Tento me adaptar, mas hoje me senti confortável na pista. Veremos mais tarde”, disse Sinner, que já ergueu três taças neste ano.

“Eu sonho grande, sonho ganhar tantos títulos quanto possível. Fiz muitos sacrifícios saindo de casa aos 14 anos e isso ainda está na minha cabeça. Estou trabalhando duro todos os dias para me tornar um jogador melhor dia após dia, que é o objetivo principal”, complementou o vice-líder da ATP.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE