PLACAR

Aos 43, Bopanna é o mais velho finalista de Slam

Foto: Pete Staples/USTA

Nova York (EUA) – O indiano Rohan Bopanna estabeleceu um novo recorde no tênis profissional nesta quinta-feira ao alcançar a final de duplas do US Open aos 43 anos e seis meses. Ele se torna, assim, o mais velho finalista de Slam nas duplas, superando uma marca do canadense Daniel Nestor em 2016.

Bopanna e o australiano Matthew Ebden venceram nesta quinta-feira os franceses Nicolas Mahut e Pierre-Hugues Herbert, campeões em 2015, por 7/6 (7-3) e 6/2. “Recebemos uma grande energia da torcida e estou muito feliz por volta à final depois de 13 anos”, disse o indiano na entrevista em quadra.

Vencedor de 24 títulos no circuito de duplas da ATP, Bopanna tem a chance de vencer seu primeiro Grand Slam nas duplas masculinas. Ele já foi vice em 2010, ao lado do paquistanês Aisam-Ul-Haq Qureshi. O indiano já foi campeão de duplas mistas em Roland Garros ao lado da canadense Gabriela Dabrowski em 2017.

Para Ebden é a chance de vencer seu segundo Grand Slam aos 35 anos. O australiano conquistou o título de Wimbledon no ano passado, junto de Max Purcell: “Estávamos procurando parceiros no final do ano passado e decidimos fazer um teste. Estamos gostando muito”, explica o australiano, que foi campeão de Doha e Indian Wells com Bopanna.

Ram e Salisbury buscam o inédito tricampeonato

Os adversários de Bopanna e Ebden na final desta sexta-feira serão o norte-americano Rajeev Ram e o britânico Joe Salisbury, que seguem em busca de um tricampeonato inédito nas duplas masculinas em Nova York. Ram e Salisbury venceram o croata Ivan Dodig e o norte-americano Austin Krajicek por 7/5, 3/6 e 6/3.

Ram e Salisbury podem ser a primeira parceria na Era Aberta a conquistar três títulos do US Open. Eles já conquistaram dez títulos juntos, incluindo três Grand Slam. Além do bicampeonato em Nova York, a parceria também foi campeã do Australian Open de 2020.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE